Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Saiba quais

Vacinação contra a dengue vai ser ampliada para mais 17 municípios da região de Apucarana

Redação Bonde com AEN
27 mar 2024 às 12:05
- Edu Kapps/SMS
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira (27) a ampliação da vacinação contra a dengue para mais 154 municípios brasileiros, incluindo 17 do Paraná. As localidades paranaenses que serão contempladas abrangem a 16ª RS (Regional de Saúde) de Apucarana (Centro-Norte). A notícia foi veiculada em uma transmissão ao vivo realizada no YouTube do Ministério da Saúde. O público-alvo para essa dose abrange crianças de 10 a 14 anos.


Os municípios que compõe a 16ª RS são: Apucarana, Arapongas, Bom Sucesso, Borrazópolis, Califórnia, Cambira, Faxinal, Grandes Rios, Jandaia do Sul, Kaloré, Marilândia do Sul, Marumbi, Mauá da Serra, Novo Itacolomi, Rio Bom, Sabáudia e São Pedro do Ivaí.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O último boletim da dengue da Sesa (secretaria de Estado da Saúde) veiculado na terça-feira (26) registra 306.340 notificações de supostos casos da doença nos 399 municípios do Paraná, 135.961 confirmações e 77 óbitos. Do total, 29.025 notificações, 21.508 casos e 15 óbitos pertencem a 16ª RS, tornando atualmente a região com maior incidência de dengue no Estado.

Leia mais:

Imagem de destaque
Gripe, Covid-19 e dengue

Cambé promove mais um Dia D de vacinação neste sábado

Imagem de destaque
Saiba como denunciar

PR reforça os canais para denúncias de violência contra crianças e adolescentes

Imagem de destaque
Nova resolução

Detran-PR suspende aplicação de multa automática por não realização de exame toxicológico

Imagem de destaque
Força-tarefa

Paraná vai mandar novos bombeiros com cães de busca e resgate para o RS


A ampliação atende a ofícios enviados pela Sesa para o Ministério da Saúde. “Esse é um pedido que já havíamos feito lá atrás: que os novos lotes de vacinas fossem distribuídos para outras regiões. Aguardamos o quantitativo e a nota técnica, mas já sabemos que a região que será atendida nesse momento será a 16ª Regional de Saúde de Apucarana. O Paraná continuará atento, antecipando situações e ajudando o Ministério da Saúde e os municípios a atingir o melhor percentual possível de pessoas vacinadas contra a dengue”, comenta o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Publicidade


Conforme o governo federal, um lote com 930 mil doses será distribuído e destinado para o início da imunização nas novas regiões, além de mais envios para municípios que já foram contemplados para garantir a continuidade da imunização nestas localidades (a administração acontece em duas doses). A data de envio desta nova remessa ainda não foi confirmada, a estimativa do Ministério da Saúde é iniciar a distribuição na próxima semana.


O Paraná recebeu até o momento um único lote dos imunizantes Qdenga com 35.025 doses. Estas vacinas foram destinadas para 21 municípios da 17ª Regional de Saúde de Londrina, com 23.064 doses, e nove cidades da 9ª RS de Foz do Iguaçu (Oeste), com 11.961 doses. Segundo um levantamento da Sesa, divulgado nesta segunda-feira (25), 19.694 vacinas foram aplicadas até o momento, cerca de 56% do total recebido.

Publicidade


O Ministério da Saúde ainda afirmou que irá divulgar uma Nota Técnica nesta quarta-feira (27) formalizando a recomendação para que os estados realizem o remanejamento de doses para municípios que não foram contemplados na primeira distribuição, já que o prazo de validade destes imunizantes é curto. O lote do Paraná, por exemplo, tem vencimento em 30 de junho.


De acordo com o governo federal, será disponibilizado uma lista de municípios aptos a receber a dose e os estados terão autonomia para remanejar as doses disponíveis para essas cidades. Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, a pasta irá garantir a segunda dose para essas regiões.


Na prática, municípios que não receberam as doses na primeira remessa, se estiverem listados pelo Ministério da Saúde como regiões prioritárias (listagem que ainda não foi divulgada), poderão receber doses dos municípios que não tiveram adesão da população e possuem vacinas em estoque.


A Sesa aguarda a oficialização da informação por meio de documento do Ministério da Saúde. O Estado já iniciou um levantamento junto aos municípios que receberam as doses da primeira remessa para mensurar o número de vacinas disponíveis e definir novas estratégias de distribuição, se necessário.


Imagem
Com 13 mil doses aplicadas, cobertura da vacinação contra dengue é de 57% na região de Londrina
Novo levantamento da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) registra a aplicação de 19.694 vacinas contra a dengue no Paraná até esta segunda-feira (25).
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade