Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Crime na Zona Norte

Casal foragido é suspeito de ter matado e ateado fogo em corpo de empresário em Londrina

Reportagem Local
09 nov 2023 às 11:45
- Gustavo Carneiro/Arquivo Folha
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Delegacia de Homicídios de Londrina avançou nas investigações do assassinato do empresário Adriano Aparecido Allio, de 58 anos, encontrado morto dentro de um carro em chamas em uma estrada rural nos fundos do residencial Bem Viver, na zona norte de Londrina, durante a manhã do dia 30 de outubro. 


Segundo o delegado João Reis, a polícia procura um casal, que está foragido. Segundo ele, o homem e a mulher, que não tiveram as identidades reveladas, são os principais suspeitos pelo crime.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


De acordo com Reis, Allio teria tido um caso extraconjugal com a suspeita em 2014 e ela alega que teve um filho com ele e estaria cobrando um valor de R$ 300 mil, relativo a pensão atrasada. Ainda segundo o delegado, as investigações dão conta que Allio teria voltado a se relacionar com a mulher recentemente, o que teria provocado ciúmes do atual companheiro. 

Leia mais:

Imagem de destaque
EM PENSIONATO

Estudante de medicina brasileiro é encontrado morto em quarto no Paraguai

Imagem de destaque
Decisão provisória

Justiça proíbe líder de suposta ONG em Maringá de pedir dinheiro para tratamento de animais

Imagem de destaque
Constrangia a vítima

Bombeiro de Maringá é denunciado pelo Ministério Público por assédio sexual a oficial subordinada

Imagem de destaque
32 toneladas de ração animal

Polícia Rodoviária Federal evita roubo de carga após carreta tombar na BR-369, em Andirá


“Diante disso nós temos duas linhas de investigação: uma pelo relacionamento, motivada por ciúmes, e a outra relacionada à cobrança de uma possível dívida de R$ 300 mil”, explica.


O delegado informa que o carro do casal foi visto na cena do crime. “Tudo ocorreu no Jardim Tropical. A vítima chegou ao local com um Kia Soul. e o marido dessa moça tem um Peugeot. Eles saem do Jardim Tropical em dois veículos, cada um conduzido por uma pessoa, depois somente um veículo retorna, o Peugeot”, detalha. 


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Casal foragido é suspeito de ter matado e incendiado corpo de empresário
Polícia aponta que investigada cobrava dívida de R$ 13 mil de pensão alimentícia; companheiro dela também é procurado
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade