Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Campinas

Família está há quase 48 horas refém de criminoso

Redação - Bonde
26 abr 2007 às 10:19
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Uma mulher e seus dois filhos, de 7 e 10 anos, estão há quase 48 horas mantidos reféns em uma casa do bairro Campos Elísios, em Campinas (SP).

Inicialmente trabalhando com o nome de Felipe, 26, com duas passagens por furto, a polícia acredita que está a frente de um homem mais perigoso. O seqüestrador seria Ivanildo, 35, e teria várias passagens pela polícia por roubo, tráfico de drogas e formação de quadrilha. Os negociadores tentam encontrar familiares de Ivanildo para que o desfecho do caso seja positivo.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Por volta da 1h desta quinta-feira (26), o seqüestrador teria pedido dois extintores. A polícia suspeita que ele pretendia criar uma cortina de fumaça para a fuga. O negociador exigiu que, em troca, ele libertasse as duas crianças. O seqüestrador não aceitou o acordo.

Leia mais:

Imagem de destaque
Em Campinas

Jô deixa cadeia após noite de prisão por atraso em pensão

Imagem de destaque
Não pode!

Defensoria Pública alerta: a instituição não realiza coleta de informações de usuários(as) fora de suas sedes ou espaços com identificação oficial

Imagem de destaque
Polícia penal

Feira de Saúde é realizada para mulheres custodiadas no Centro de Integração Social

Imagem de destaque
Aumento nas ocorrências

PRF flagra mais de 450 motoristas em excesso de velocidade por dia no Paraná em 2024


No início da noite, ele teria pedido mais um colete a prova de balas em troca da libertação de uma das crianças, mas voltou atrás. As outras exigências feitas por ele - um carro, uma arma e a saída com um dos reféns - foram mantidas.


Ao contrário do que a polícia relatava ontem, o seqüestrador passou a mostrar um comportamento agressivo. Segundo os negociadores, ele aparenta estar bastante nervoso e tem agido em tons ameaçadores.

O criminoso invadiu o imóvel --armado com uma pistola-- por volta das 12 horas de terça-feira (24) enquanto fugia da PM. Ele havia acabado de roubar um videogame de uma loja da região, ao lado de um comparsa.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade