Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
18 dias internada

Jovem atacada em Jacarezinho recebe alta do HU e diz que acusada tentou matá-la

Pedro Marconi - Grupo Folha
10 jun 2024 às 13:35
- Reprodução
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Após 18 dias de internamento, sendo 12 na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), Isabelly Ferreira, 23, recebeu alta do HU (Hospital Universitário) de Londrina na tarde do último sábado (8). 


Ela estava ala de queimados da instituição e já voltou para Jacarezinho (Norte Pioneiro), onde mora com a família e também é a cidade em que foi atacada, no momento que estava indo para academia.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A jovem foi atingida no rosto, na boca e no tórax por soda cáustica com água, crime cometido por outra mulher, de 22 anos, que foi presa dois dias depois e confessou. 

Leia mais:

Imagem de destaque
Colisão frontal

Ciclista morre atropelado por moto em rodovia da Região Metropolitana de Londrina

Imagem de destaque
Santo Antônio da Pplatina

Policial militar morre ao colidir moto que pilotava em caminhão na BR 153

Imagem de destaque
Fiscalização

Operação Lei Seca em Londrina aplica 26 autos de infração e recolhe 7 veículos

Imagem de destaque
Cão Airon achou

Homem é preso com 21,650 kg de maconha em ônibus em Rolândia


Débora Custódio alegou que foi atrás da vítima por conta de um suposto ciúmes e de comentários que ela teria feito no período em que namorou o ex-companheiro, que desde o início do ano está preso por roubo.

Publicidade


A responsável pelo ataque foi indiciada pela Polícia Civil por tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil e tentativa de feminicídio. O MP-PR (Ministério Público do Paraná) ofereceu denúncia contra Débora pela tentativa de homicídio, tendo como qualificadoras uso de recurso que dificultou a defesa da vítima, motivo fútil, emprego de meio cruel e feminicídio


A instituição ainda pediu o pagamento de danos materiais, morais e estéticos. A Justiça aceitou os apontamentos.

Publicidade


Em entrevista à RICtv Record, nesta segunda-feira (10), Isabelly mostrou que não ficou com nenhuma lesão aparente no rosto, mas machucados na boca e queimaduras nos seios. 


“Sentia muita dor. Parecia que minha pele estava queimando. Depois que cheguei no hospital, me colocaram na maca e não lembro de mais nada”, relatou sobre o dia do ataque. 


“Vi quem me atacou, mas não reconheci. Percebi que era uma mulher porque estava com batom vermelho, mas usava roupas masculinas. Jogou o produto e não disse nada”, contou.


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Jovem atacada em Jacarezinho recebe alta do HU: ‘ela tentou me matar’
Justiça aceitou denúncia contra responsável pelo crime; vítima ficou sem sequelas aparentes no rosto
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade