Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Arma tinha registro

Ladrão invade loja de celular para roubar e dono reage com 5 tiros no Paraná

UOL/Folhapress
14 jun 2024 às 14:59
- Divulgação/PCPR
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O dono de uma loja de celulares reagiu a um assalto e atirou cinco vezes contra o homem que invadiu o estabelecimento, nesta quinta-feira (13), em Ponta Grossa (PR).

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A cena foi registrada pelas câmeras de segurança do estabelecimento. Imagens mostram o momento em que o empresário está dentro da loja acompanhado pela esposa e outros dois funcionários, quando o suspeito armado e usando capacete chega e anuncia o assalto.

Leia mais:

Imagem de destaque
Peabiru

PRE apreende eletrônicos e mais de 200 vinhos importados em rodovia no PR

Imagem de destaque
Crime de estupro

Dois homens condenados por crimes sexuais são presos em Campo Mourão

Imagem de destaque
Crime ocorreu em 2017

Homem condenado por estuprar a própria neta é preso em Maringá

Imagem de destaque
Caminhoneiro estava dormindo

Motociclista morre após colidir com carreta estacionada na marginal da PR-444 em Arapongas

Ladrão vai em direção à esposa do dono da loja. Em seguida, o empresário, que estava atrás do balcão, pega uma arma que estava em sua calça e atira cinco vezes contra o suspeito, que cai ferido no chão.

Publicidade

Suspeito é um jovem de 23 anos, que foi internado em estado grave no Hospital Universitário da Universidade Estadual de Ponta Grossa. Conforme informações da Polícia Civil do Paraná, o jovem continua internado, mas seu estado de saúde é considerado estável.

Arma do empresário está registrada e ele tem autorização para mantê-la no interior da loja, afirmou o delegado Lucas Andraus. "A conduta do empresário, de acordo com as informações colhidas até então, mostrou-se amparada pela legítima defesa, causa de exclusão da ilicitude".

Publicidade

Empresário reagiu "de modo proporcional à agressão que era sofrida", disse Andraus. "Valendo-se do meio menos lesivo dentre os eficazes à sua disposição, no caso uma arma de fogo, ele repeliu o comportamento criminoso com moderação, porque tão logo cessado o comportamento criminoso, ele também interrompeu os disparos com a sua arma de fogo".

Armas usadas pelo ladrão e pelo empresário foram recolhidas para serem periciadas. O suspeito usava um revólver calibre ponto 38 e estava com a numeração raspada. O dono da loja porta uma pistola calibre ponto 9 milímetros -a arma do empresário será devolvida após a conclusão do laudo pericial.

Suspeito já tinha passagem pela polícia por tentativa de roubo com arma de fogo. Agora, ele foi autuado por tentativa de roubo e porte de arma de fogo. O jovem passará por audiência de custódia após deixar o hospital.

O empresário e as demais pessoas que estavam na loja prestaram depoimento. Como o suspeito, o proprietário do estabelecimento e as demais pessoas não tiveram os nomes revelados, não foi possível localizá-los para pedir posicionamento. O espaço segue aberto para manifestação.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade