Pesquisar

Canais

Serviços

- Vander Martins/Grupo Folha
Continua depois da publicidade
Investigação em curso

Londrina: preservativo usado pode levar a assassino de travesti

Redação Bonde
16 mar 2016 às 19:22
Continua depois da publicidade

A Polícia Civil de Londrina espera chegar ao assassino do travesti encontrado morto e esquartejado dentro de um quarto de hotel no centro da cidade por meio do material genético encontrado em um preservativo abandonado no local do crime. O homicídio foi descoberto na última quinta-feira (10).

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

De acordo com a Delegacia de Homicídios, as investigações realizadas deste então já apontam para um suspeito. Sua identidade, no entanto, não foi divulgada para preservar o curso do inquérito.


A camisinha encontrada no quarto foi encaminhada ao Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba, onde seu conteúdo passará por análises. A polícia espera conseguir cruzar o DNA com o do suspeito, que atualmente está foragido. A principal linha aponta para crime passional, com a hipótese de crime de ódio afastada até o momento.


Os investigadores também acreditam que o fato de Luiz Antônio da Silva, de 29 anos, ter sido esquartejado significa que o autor do homicídio pretendia ocultar o cadáver. Por algum motivo, a intenção foi descartada e o corpo foi abandonado no local.


Silva tinha antecedentes criminais por roubo, mas a Polícia Civil não acredita que o seu histórico tenha qualquer ligação com o assassinato.

Continua depois da publicidade

(com informações do repórter Paulo Monteiro, do jornal NossoDia)


Compartilhar nas redes:

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade