Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Nesta segunda e terça

Major Boing assume o 30º BPM de Londrina e coronel Tordoro, o 5º batalhão

Luís Fernando Wiltemburg - Redação Bonde
14 ago 2023 às 17:17
Tenente-coronel Marcos Tordoro durante audiência pública na CML - Devanir Parra/CML
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Os comandos dos batalhões da Polícia Militar de Londrina trocam de comando no início desta semana. O tenente-coronel Marcos Tordoro deixa o 30º Batalhão da PM (BPM), em cerimônia às 19h desta segunda-feira (14), para assumir, na manhã de terça-feira (15), às 10h, o 5º BPM. Quem assume o 30ºBPM é o major Elio Boing.


Londrina conta atualmente com dois batalhões da PM. O 5º BPM, mais antigo, é responsável por quase toda a área urbana de Londrina, além de áreas rurais e da cidade de Tamarana. Já o 30º BPM é responsável pelo policiamento ostensivo e segurança da região Norte de Londrina e seis municípios: Alvorada do Sul, Bela Vista do Paraíso, Ibiporã, Jataizinho, Primeiro de Maio e Sertanópolis. 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Tordoro assume o posto ocupado por Nelson Villa, que foi promovido a coronel e será transferido para Curitiba. No 30º BPM, a gestão do tenente-coronel foi bastante focada no “policiamento de proximidade”, ou seja, a integração entre a PM e a comunidade. “Não tenho dúvida que o meio mais eficaz de policiamento é o de interação, conversa e diálogo com as comunidades. Isso é um conceito que queremos expandir para todo o Paraná. Tenho plena convicção que é a forma mais adequada de fazer segurança, sem descartar a necessidade, quando necessário, de outros meios para manter a lei e resguardar a ordem”, afirma Tordoro.

Leia mais:

Imagem de destaque
PR-340

Homem é detido por embriaguez ao volante após se envolver em acidente em Jaguapitã

Imagem de destaque
Sem documentação de origem

Ônibus é apreendido com mercadorias contrabandeadas na região de Londrina

Imagem de destaque
R$ 90 Milhões em droga

Meia tonelada de cocaína é apreendida pela polícia na região de Maringá

Imagem de destaque
65 policiais envolvidos

Grupo ligado ao tráfico de drogas é alvo de operação em Maringá nesta sexta


O tenente coronel ressalta que ha uma diferença nos modos de comando dos dois batalhões, já que o 30º, além de uma parte considerável de Londrina, ainda é responsável por cidades menores. “É diversificado o modo de tratarmos a segurança. As situações policiais na zona norte de Londrina não é o que ocorre [frequentemente] nas cidades da região. Então, teremos as informações dos policiais do 5º BPM e da população para entregar a segurança que a população londrinense quer e precisa, tanto na área do 5º quanto na área do 30”, diz o comandante.

Publicidade


Rapidez no amparo à população


Há três anos em Londrina, o major Élio Boing é o subcomandante do 5º BPM. Antes de atuar no policiamento londrinense, ele comandou a 6ª Companhia Independente da PM, em Ivaiporã.

Publicidade


Na tarde desta segunda, ele agradeceu aos seus superiores por terem confiado a ele o comando do 30º BPM. “Eu me sinto gratificado em ter sido lembrado para assumir o 30º BPM. É um batalhão importante e grande, então, em primeiro lugar, é uma alegria assumir com a aquiescência dos meus superiores”, diz


Boing admite que a abrangência da atuação de seu batalhão trará um trabalho “difícil e árduo”. “Vamos enfrentar uma série e de problemas do dia a dia, mas que não são maiores que nossa vontade e disposição para o trabalho. A equipe é muito boa e quase a totalidade dos policiais são de boa índole, honestos, trabalhadores e vestem a camisa da PM em defesa da sociedade”, afirma o major.

Publicidade


O novo comandante adianta que vai priorizar a rapidez no atendimento às necessidades das pessoas. “Nosso maior desafio e nosso alvo principal é que nossa população seja atendida no mais curto espaço de tempo. Primeiro, com o trabalho preventivo, para que o crime não ocorra. Mas, se ele ocorrer, ou se alguém estiver em perigo, que sempre tenha uma equipe para ir até o local no menos espaço de tempo”, explica.


Homenagem a Villa

Publicidade


Nascido em Londrina, o coronel Nelson Villa é bastante querido pelos londrinenses e sua transferência para Curitiba desagradou parte da população e o próprio militar. 


Nesta segunda, o deputado estadual Tercílio Turini (Cidadania) aprovou na AL (Assembleia Legislativa) do Paraná uma homenagem a Villa, parabenizando-o pela promoção, mas não deixou de lamentar sua transferência para nova unção na Academia Militar Guatupê, na Região Metropolitana de Londrina. “Certamente fará um excelente trabalho na formação dos melhores policiais na Escola Superior da PM do Paraná, pela experiência e competência profissionais, mas todos sabem da preferência em permanecer em Londrina", aponta.


Turini cita o trabalho vitorioso do comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar na ampliação do policiamento ostensivo para garantir mais segurança à população. "Com ações operacionais, de inteligência e aproximação com a comunidade, conquistou resultados expressivos na redução da criminalidade e no envolvimento da PM com o dia a dia da cidade" - argumenta. "Como o oficial que permaneceu por mais tempo à frente do 5º BPM, o comandante Villa mostrou capacidade de agir nas ruas, de estabelecer estratégias de combate ao crime, de ouvir as lideranças e as pessoas, de interagir com as entidades, o setor público e a população", ressalta.


(Atualizado às 18h)



Publicidade

Últimas notícias

Publicidade