Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Multas de R$ 68 mil

Polícia Ambiental recupera 34 pássaros silvestres mantidos em cativeiro em Londrina

Redação Bonde
15 mai 2024 às 09:45
- Divulgação/Polícia Ambiental
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Polícia Ambiental aplicou multas de R$ 68 mil a um responsável pela manutenção de 34 pássaros silvestres em gaiolas com más condições de higiene no bairro Novo Amparo, em Londrina, nesta terça-feira (14). Os animais não tinham identificação ou comprovante de compra regular e um alçapão de captura foi encontrado na residência.


Os policiais especializados foram chamados para apoio à Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel), que localizou os pássaros durante o cumprimento de mandado.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O responsável pelos animais disse que todos foram adquiridos de terceiros, mas que não tinha nota fiscal, tampouco licença de órgão responsável para a criação de pássaros silvestres. Ele também negou tê-los capturado em seu habitat.

Leia mais:

Imagem de destaque
Polícia investiga o caso

Homem é deixado em hospital e morre na porta de entrada em Ibiporã

Imagem de destaque
Operação conjunta

Preso em SP homem acusado de ter estuprado criança em 1998 em Apucarana

Imagem de destaque
Conscientização

Polícia Militar e CMTU fazem blitz na Zona Norte e recolhem cinco carros

Imagem de destaque
Foi detido por funcionários

Homem é preso por furtar pacote de carne e isqueiros em supermercado da Zona Norte


De acordo com a Polícia Ambiental, os pássaros estavam em gaiolas com mau estado de limpeza, com fezes e restos de alimentos e com água imprópria para consumo. Junto a uma das gaiolas, havia um alçapão usada para captura, mas o responsável informou que só a utiliza quando os próprios pássaros fogem.


Os animais foram encaminhados para a 2ª Companhia da Polícia Ambiental e o responsável, multado por manter em cativeiro animais silvestres sem autorização legal e por maus tratos devido às más condições de higiene das gaiolas.

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade