Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Bebê tinha quatro meses

Polícia Civil prende casal suspeito de ter assassinado o próprio filho em Curitiba

Redação Bonde com PCPR
03 abr 2024 às 12:45
- Fábio Dias/EPR
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A PCPR (Polícia Civil do Paraná) prendeu preventivamente uma mulher, de 23 anos, e um homem, de 29, suspeitos do homicídio do próprio filho, de quatro meses, ocorrido em dezembro de 2023, em Curitiba. 


As prisões aconteceram nesta terça-feira (2), no bairro Boqueirão, na capital paranaense.  

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Conforme apurado pela investigação, no dia 7 de dezembro de 2023, os suspeitos acionaram a PMPR (Polícia Militar do Paraná) relatando que estavam dormindo e, ao acordarem, encontraram o bebê sem vida no berço. 

Leia mais:

Imagem de destaque
Manteve contato com a vítima

Homem é preso em Jacarezinho por descumprir medida protetiva contra a irmã

Imagem de destaque
Tem 16 anos

Adolescente suspeito de ter cometido homicídio é apreendido em Sarandi

Imagem de destaque
Estavam roubando celulares

Homens são flagrados assaltando vítimas e acabam mortos em confronto no Jardim Bandeirantes

Imagem de destaque
Supermaconha

PRF apreende pacotes de 'skunk sabor gelato' na rodovia Fernão Dias, em SP


Imagem
Ex acusa filho de Lula de violência física, moral e psicológica
O filho caçula do presidente Lula (PT), Luis Claudio Lula da Silva, 39, foi acusado de violência física, moral e psicológica praticada contra uma ex-companheira.


De acordo com o delegado Nasser Salmen, da Polícia Civil, foram constatados sinais de violência na vítima durante atendimento médico, resultando na prisão em flagrante do casal. Após audiência de custódia, os indivíduos foram colocados em liberdade com monitoramento eletrônico.  

Publicidade


“No decorrer das investigações, oitivas complementares da equipe médica que prestou o primeiro atendimento ao bebê e laudos periciais que constataram evidentes presenças de sangue na residência e marcas de violência no corpo, ensejaram os pedidos de prisões preventivas”, afirma Salmen.  


As ordens judiciais foram deferidas pelo judiciário e cumpridas pelos policiais civis. Durante a ação, a equipe policial verificou que a mulher havia rompido o lacre da tornozeleira.  


O casal foi encaminhado ao sistema penitenciário.  


Imagem
Polícia Civil procura suspeito de matar companheira e enteada em Bandeirantes
A Polícia Civil informou nesta terça-feira (2) que segue as diligências para localizar o homem suspeito de matar a companheira, Josiane Aparecida de Oliveira, 39, e a enteada, Isabela de Oliveira Ramos, 15, no último sábado (30), em Bandeirantes.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade