Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

Quadrilha suspeita de articular roubo a residência é presa em flagrante

Redação Bonde com AEN
10 abr 2017 às 18:59
- Divulgação/Polícia Civil
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Cinco pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha de ladrões de residências, foram presas no inicio da manhã de domingo (9), pela Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) de Curitiba. O flagrante aconteceu na região rural de Ponta Grossa, no momento em que os suspeitos estavam se deslocando com uma caminhonete S10 preta, até uma chácara com o intuito de roubá-la.

Foram presos Jonathan Conrado dos Santos, 30 anos; Edson Abelardo Cavalcante Junior, 35 anos; Emerson Conrado dos Santos, 37 anos; Damião Acacio, 40 anos; e Renata Niwa, 20 anos. Além do veículo, com eles a polícia apreendeu um revólver calibre 38 com numeração suprimida, municiado com cinco munições, dois simulacros – arma falsa – bem como uma máscara balaclava e quatro celulares.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


As investigações iniciaram há um mês, depois que a equipe policial da especializada recebeu informações de que algumas pessoas de Curitiba e Ponta Grossa, planejariam um roubo a residência e que utilizariam uma caminhonete S10 preta para a ação criminosa.

Leia mais:

Imagem de destaque
Condutor foi preso

Polícia Rodoviária Estadual apreende 120 caixas de cigarro na PR-444, em Arapongas

Imagem de destaque
EM PENSIONATO

Estudante de medicina brasileiro é encontrado morto em quarto no Paraguai

Imagem de destaque
Decisão provisória

Justiça proíbe líder de suposta ONG em Maringá de pedir dinheiro para tratamento de animais

Imagem de destaque
Constrangia a vítima

Bombeiro de Maringá é denunciado pelo Ministério Público por assédio sexual a oficial subordinada


A partir dessas informações, DFR desenvolveu um trabalho de investigação a fim de localizar os suspeitos. "Nos deslocamos até a região dos Campos Gerais e conseguimos encontrar o bando em um posto de combustíveis nas proximidades da entrada do Parque Vila Velha. Foi possível constatar que se tratava do mesmo veículo e a partir de então iniciamos um acompanhamento tático", conta o delegado titular da DFR, Matheus Laiola.

Publicidade


Segundo Laiola, o monitoramento durou cerca de 30 quilômetros e ao perceber que a quadrilha se aproximava da residência, os policiais realizaram a abordagem. "A equipe se aproximou do veículo com a devida cautela e realizou o flagrante. Nós apreendemos a arma e os simulacros no chão do banco de trás do carro".


A caminhonete S10 apresentava problemas mecânicos, ela foi apreendida e encaminhada ao Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Diligências também foram realizadas nas residências de Damião e Jonathan, porém nada de ilícito foi encontrado.

A quadrilha responderá por associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo e tentativa de roubo. Todos permanecem presos à disposição do Poder Judiciário.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade