Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Assalto à luz do dia

Taxista de Londrina é feita refém, sofre agressões e é abandonada em Rolândia

Redação Bonde
18 abr 2024 às 18:02
- Divulgação/BPMOA
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Uma taxista de Londrina, de 59 anos, foi vítima de roubo em Londrina, no início da tarde desta quinta-feira (18), e ficou em posse dos assaltantes até ser liberada, sem o veículo, em Rolândia (Região Metropolitana de Londrina), onde o carro foi abandonado. Ela relatou à Polícia Militar ter sofrido agressões durante o trajeto.


De acordo com a versão dela à PM, dois homens a teriam abordado na Avenida Bandeirantes, em frente ao Hospital Evangélico, fazendo menção de estarem armados. Eles entraram no veículo e seguiram outro, um Uno de cor escura, que fazia o serviço de batedor.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Durante o trajeto, a vítima teria sido agredida na barriga e na cabeça. Ela foi liberada pelos criminosos no Jardim Monte Carlo, próximo ao Contorno Norte, na saída para de Rolândia para Cambé.

Leia mais:

Imagem de destaque
Suspeito não foi preso

Porteiro é agredido com soco no rosto em supermercado de Apucarana

Imagem de destaque
Chamou atenção dos policiais

Homem dirige embriagado e com som alto, "canta pneu" e acaba preso em Primeiro de Maio

Imagem de destaque
Na PR-444

Assalto a três ônibus em Arapongas termina com um morto baleado e um morto atropelado

Imagem de destaque
Quatro ocorrências distintas

Em três horas, PRF apreende quase uma tonelada de maconha no Paraná


Imagem
Com cães farejadores, PRF e BPFron apreendem 2,5 toneladas de maconha no PR
Uma ação conjunta da PRF (Polícia Rodoviária Federal) com o Batalhão da Polícia Militar de Fronteira (BPFron


No local, ela conseguiu ajuda de outras pessoas e acionou a PM, que obteve as informações sobre as características físicas dos envolvidos e dos veículos. A vítima foi encaminhada para o Hospital São Rafael para exames e avaliações.


O BPMOA (Batalhão da Polícia Militar de Operações Aéreas) foi acionado e localizou o Prisma abandonado próximo à saída para o distrito de São Martinho, sentido Jaguapitã. Os assaltantes, que não foram localizados, levaram um celular profissional da vítima.


(Com informações do jornalista Pedro Marconi)

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade