Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Trama

Travesti mata avô para se livrar de traficantes

Redação Bonde
10 mar 2010 às 16:56
Continua depois da publicidade

A Polícia Civil de Curitiba está investigando o jovem Fernando Ricardo Stocco, de 19 anos, que é travesti e usuário de drogas. Ele é acusado de, ao arquitetar sua própria morte, provocar a morte de duas pessoas em um incêndio criminoso no bairro Cajuru no dia 2 de março. Entre as vítimas, está o avô adotivo do acusado, Nereu Figueiredo de Córdova, de 76 anos, e um rapaz ainda não identificado que deveria, segundo planos de Fernando, ser confundido pela polícia como sendo ele.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

De acordo com a investigação, Fernando teria ateado fogo na residência em que as vítimas morreram carbonizadas. Ao ser dado como morto, Fernando se livraria de supostos traficantes que exigiam o pagamento de dívidas de drogas.

Continua depois da publicidade


Na noite de domingo, a trama foi descoberta e Fernando foi detido na Fazenda Rio Grande. Parentes teriam dado abrigo para ele se esconder. A madrasta de Fernando e uma terceira pessoa estão sendo procuradas pelo suposto envolvimento no crime. A morte do avô também iria beneficiar a madrasta para que conseguisse o benefício de pecúlio de morte estimado em mais de R$ 100 mil.

Na delegacia, Fernando confessou o crime. A polícia investiga a identidade do rapaz morto no incêndio e como ele teria sido atraído para a residência. (Com informações do Paraná-Online)


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade