Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Troca de tiros

Três são mortos pela polícia após assalto a shopping

Agência Estado
17 mar 2014 às 15:12
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Três homens foram mortos após troca de tiros com a Polícia Militar em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo, após eles e mais oito bandidos invadirem o Serramar Praia Shopping na madrugada do último sábado, explodirem seis caixas eletrônicos e furtar três lojas. Outro bandido foi morto por policiais do Centro de Operações Especiais, de São Paulo, que auxiliam na operação montada para prender os bandidos.

Segundo a PM, o grupo invadiu o shopping por volta das 4h30, rendeu um vigia e foi diretamente para os terminais. Eles estavam armados com fuzis e fugiram para um matagal após a ação. Devido ao armamento pesado utilizado pelos bandidos, as duas polícias reforçaram seus equipamentos.

Publicidade


A troca de tiros ocorreu na madrugada desta segunda-feira durante uma operação montada pelas polícias Civil e Militar para prender os criminosos. Até as 14h desta segunda-feira, 17, além dos quatro mortos, outros dois homens haviam sido presos. A polícia conseguiu recuperar R$ 26 mil, uma arma e relógios roubados de uma das lojas.

Leia mais:

Imagem de destaque
Em 'Quedas' do Iguaçu

Homem extrapola quatro vezes o limite de embriaguez e é preso na região sudoeste do PR

Imagem de destaque
Estava em veículo furtado

Homem é morto após atirar contra policiais em rodovia de Cambé

Imagem de destaque
Homicídio qualificado

Mulher é morta a tiros e outra é internada na região de Apucarana

Imagem de destaque
Ocorrências

Dois veículos são flagrados com 720 celulares avaliados em R$ 800 mil na BR-369 em Cambé

Um dos bandidos presos confessou participação no crime. Ele teria sido contratado para atuar como um dos motoristas. Três carros foram utilizados na ação, segundo a assessoria de imprensa do shopping. Ainda segundo a assessoria, três dos vigias conseguiram escapar e se trancaram na sala de monitoramento, que é protegida, e acionaram a polícia.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade