Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Apuração de denúncia

Mara Boca Aberta será ouvida pela Comissão Processante nesta segunda-feira

Douglas Kuspiosz - Especial para a Folha
28 abr 2024 às 14:30
- Fernando Cremonez/Ascom/CML
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A CP (Comissão Processante) da CML (Câmara Municipal de Londrina) que apura denúncia contra a vereadora Mara Boca Aberta (Podemos) terá novos capítulos nesta segunda-feira (29). 


Está marcada para as 9h uma audiência de instrução para ouvir, além da parlamentar, as duas últimas testemunhas indicadas por ela - sendo uma delas o ex-deputado estadual Matheus Petriv, o Boca Aberta Jr.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Passado o período em que a parlamentar estava afastada da CML por questões médicas, a CP retomou os trabalhos na última sexta-feira (26). Na ocasião, o advogado que atuou na prestação de contas eleitorais de Mara foi ouvido.

Leia mais:

Imagem de destaque
Evento híbrido

Assédio eleitoral é tema de seminário no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná

Imagem de destaque
Atendimento a critérios

PL, PT e União vão receber 41% dos recursos do Fundo Eleitoral em 2024

Imagem de destaque
Projetos de Lei

Mérito do aumento salarial da GM é indiscutível, mas é preciso ter legalidade, diz presidente da Câmara

Imagem de destaque
Entenda

Entenda a medida provisória do governo que beneficia os irmãos Batista


“Os advogados da vereadora Mara Boca Aberta solicitaram que as últimas duas testemunhas que eles querem arrolar no procedimento sejam ouvidas na segunda-feira de manhã, às 9 horas, junto com a oitiva da própria vereadora. A vereadora Mara Boca Aberta será ouvida posteriormente à oitiva dessas testemunhas”, explicou o vereador Santão (PL), que preside a CP.

Publicidade


"Seguindo os trâmites na segunda-feira, serão ouvidas duas testemunhas e a vereadora. Na noite de sexta, foi ouvido o advogado que atuou na campanha da Vereadora. Ele esclareceu que as acusações já foram debatidas na Justiça Eleitoral, ocasião na qual se comprovou a regularidade da campanha de Emerson Petriv, o Boca Aberta, e da utilização dos recursos de campanha, reafirmando novamente a inocência da vereadora Mara Boca Aberta", afirmou a defesa da parlamentar à reportagem.


A DENÚNCIA


A denúncia nº 1/2023, contra Mara Boca Aberta, foi apresentada pela Mesa Executiva da Câmara e teve a admissibilidade aprovada pelo plenário da CML no dia 29 de fevereiro. A denúncia teve origem em uma representação protocolada no Legislativo pelo advogado João Miguel Fernandes Filho (Representação nº 2/2023).


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Mara Boca Aberta será ouvida pela CP nesta segunda-feira (29)
A CP da Câmara Municipal de Londrina terá novos capítulos na investigação da vereadora Mara Boca Aberta. Saiba mais sobre as audiências e defesas apresentadas.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade