Pesquisar

Canais

Serviços

Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Quer novos ares?

Arquitetas orientam como aproveitar Black Friday para repaginar decoração doméstica

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
13 nov 2021 às 11:42
Continua depois da publicidade

O fim do ano traz desejo por novos ares. Há quem repensa a decoração da casa para deixá-la mais confortável e bonita nas festividades ao lado da família.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


São comuns substituições de cortinas e tapetes, investimentos em uma televisão maior ou até a aquisição de um novo eletrodoméstico para facilitar a vida na cozinha. Um dos meios para fazer esta renovação gastando pouco é aproveitando as promoções da Black Friday.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


O período esperado por comerciantes e consumidores ocorre tradicionalmente no dia seguinte ao feriado norte-americano de Ação de Graças, que é celebrado sempre na última quinta-feira do mês de novembro.


Conhecida pelos grandes descontos, é uma das sextas-feiras que mais prometem no ano até mesmo em países que não celebram a festividade americana, como é o caso do Brasil e, em 2022, ocorrerá no próximo dia 26 de novembro. 


“A Black Friday nada mais é do que aquele momento de grandes ofertas. É a hora de aproveitar e fazer a lista do que você e sua casa precisam e usar o saldão para adquirir aquele produto que você passou o ano todo namorando” , explica a arquiteta Bianca Atalla, sócia do escritório Oliva Arquitetura ao lado da também arquiteta Fernanda Mendonça.

Continua depois da publicidade

Porém, para fazer compras com um valor realmente vantajoso e não cair em pegadinhas de falso preço baixo, são necessários alguns cuidados especiais. As especialistas dos escritórios Oliva Arquitetura, PB Arquitetura, Karina Korn, Pati Cillo e Tesak Arquitetura reunem dicas valiosas. Confira:


Evite compras por impulso:


O primeiro passo para uma boa compra é verificar se o produto desejado terá mesmo uma função útil no seu dia a dia. 


“Não compre por impulso. Muitas vezes, diante de uma grande porcentagem de descontos, as pessoas acabam comprando televisores e eletrodomésticos, por exemplo, que nem cabem em suas casas. Compre com consciência. Aproveitar o melhor preço só é realmente benéfico quando o produto vai ser utilizado”, pontua Pati Cillo.


Acompanhe os preços por algumas semanas:


Segundo a arquiteta Priscila Tressino, é preciso observar se os produtos ou serviços não tiveram seus preços inflacionados antes da tão esperada sexta-feira. 


"Infelizmente há algumas lojas que aumentam os preços nas semanas que antecedem a Black Friday, para depois baixarem dizendo que está na promoção. Por isso, uma dica importante é que o consumidor faça uma pesquisa em várias lojas do segmento de interesse, mas que seja realizada um tempo antes do evento, para a realização desse comparativo", destaca.


Ao estar por dentro dos preços, o risco de cair em pegadinhas diminui consideravelmente. 

“Use a tecnologia para facilitar este comparativo. Dependendo do produto, existem ferramentas de comparação de preços que salvam o histórico da variação de valores e facilitam a logística da pesquisa”,

conta a arquiteta Bianca Tedesco.


Pesquisa sempre é bem-vinda!


Outra dica infalível para não errar nas compras durante a Black Friday é a pesquisa. Consulte muito sobre o produto que você deseja, acompanhe o preço dele por algumas semanas antes da Black Friday e pesquise a reputação da loja em que você pretende fazer a compra. 


“Analisar os reviews deixados por outros clientes também é interessante para fazer uma compra assertiva. Não se esqueça ainda de verificar as redes sociais da loja escolhida. Hoje em dia elas são uma grande aliada para evitar golpes de lojas falsas”, diz Karina Korn.


Principalmente quando falamos de compra de móveis, é preciso atenção quanto às trocas e garantias de peças promocionais. Muitas lojas optam por não trocarem produtos nem mesmo mediante a defeitos por se tratarem de queimas totais de estoque. Por isso, avalie atentamente a peça antes de fechar a compra. 

“Em casos de peças de mostruário, avalie se não há riscos ou danos que comprometam o móvel. Nem sempre valor baixo significa uma boa compra”, indica Bianca Atalla. 


Fretes e condições de pagamento:


Observe se o desconto se mantém em todas as formas de pagamento e se o estabelecimento permite o parcelamento de produtos sem o acréscimo de juros. Atente-se também as questões de frete e dê preferência a estabelecimentos que estejam oferecendo entrega grátis. Assim, você terá a certeza de que aproveitou ao máximo os descontos.

Por fim, fique de olho aos prazos de entrega dos produtos, principalmente se for comprar presentes para o final de ano, ou para equipar a casa para as festas de Natal e Ano Novo, para ter a certeza de que chegarão a tempo. Afinal, nessa época, em razão da alta demanda, é possível que ocorram atrasos.


Continue lendo