Pesquisar

Canais

Serviços

- Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Conta preocupante?

Confira dicas para economizar energia com a chegada do verão

Redação Bonde com AEN-PR
16 dez 2021 às 14:28
Continua depois da publicidade
O solstício de verão anuncia a chegada da estação mais quente do ano nesta terça-feira (21). Com ela, cresce o uso de ventiladores e aparelhos de ar-condicionado. 


O acionamento frequente desses equipamentos eleva o consumo de energia e pode trazer impactos na conta de luz, caso não sejam utilizados da forma indicada.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


De acordo com o gerente de inovação e coordenador do Programa de Eficiência Energética da Copel, Diego Munhoz, o erro mais comum ao utilizar o ar-condicionado está na preparação do ambiente.

Continua depois da publicidade


“O ambiente em que o ar-condicionado está em uso muitas vezes não é fechado da forma adequada. As janelas e as portas ficam entreabertas. Isso faz com que o ar saia para o ambiente externo e deixe entrar ar quente. Por causa disso, o aparelho precisa ficar ligado por mais tempo e consome mais energia”, explica.


Para a compra, Munhoz afirma que ter um planejamento exato de onde se deseja colocar o ar-condicionado é imprescindível.


“É preciso fazer o dimensionamento correto, porque a potência do aparelho varia conforme o tamanho do espaço. Existem recomendações dos fabricantes de como calcular essa potência e, dependendo do ambiente, você tem a necessidade de um ar com maior ou menor potência”, afirma. 

Continua depois da publicidade


De maneira geral, são adicionados 600 BTUs para cada metro quadrado do ambiente, para cada pessoa que irá ocupá-lo e para cada equipamento que gere calor.


Tanto para o ar-condicionado quanto para o ventilador, o ideal é deixá-los ligados apenas enquanto estiverem em uso. 


De madrugada, por exemplo, é possível programar alguns aparelhos para se desligarem automaticamente.


Outra dica importante é regular a temperatura de forma correta. Não é necessário ligar em temperaturas baixas demais, pois entre 21 e 24 graus o ambiente já ganha conforto térmico e mantém o consumo estável.


Hábitos para economizar:


Além do uso de ar-condicionado e ventiladores, refrigeradores e chuveiros elétricos também podem aumentar o consumo de energia durante os dias mais quentes. 


Confira algumas dicas que podem ser amigas do bolso:


 - Não deixar a geladeira próxima de fontes de calor (como janelas e portas);

 - Só abrir a geladeira o tempo necessário;

 - Evitar colocar alimentos quentes dentro da geladeira;

 - Trocar a posição do chuveiro de inverno para verão;

 - Tomar banhos rápidos.


O verão traz, ainda, a vantagem dos dias mais longos, em que as pessoas podem aproveitar a iluminação natural por mais tempo e reduzir o tempo de uso das lâmpadas. 


Diego Munhoz reforça que economizar energia neste período é muito importante sob três aspectos: sustentabilidade, economia nos gastos mensais das famílias e por causa da crise hídrica.


“Usar os equipamentos de forma eficiente é um comportamento que só traz ganho. Tanto para o individual quanto para o coletivo, e também para o meio ambiente”, lembra.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade