01/08/21
PUBLICIDADE
Dispense combinações óbvias

Arquiteta ajuda a escolher as cadeiras certas para sala de jantar

Divulgação
Divulgação


Escolher as cadeiras para a sala de jantar pode ser uma tarefa desafiadora para muitas pessoas. Há uma variedade enorme de modelos, cores, texturas e materiais que podem ou não seguir o estilo da mesa, mas que devem harmonizar perfeitamente com décor concebido para o projeto. Quando falamos de ambientes integrados, o desafio aumenta, haja vista os assentos também devem condizer com a arquitetura de interiores como um todo.

"Mesas e cadeiras são as grandes protagonistas da sala de jantar. É ao redor delas que as famílias se reúnem, partilham as refeições e os acontecimentos do dia a dia. Por isso, a escolha desses móveis é tão importante. Eles fazem parte de um momento sagrado ao lado de quem amamos”, explica a arquiteta Carina Dal Fabbro.

Pensando em tornar esta escolha mais fácil, reunimos dicas e inspirações de ambientes executados pelas especialistas dos escritórios Oliva Arquitetura, Studio Tan-gram e Carina Dal Fabbro Arquitetura. Confira!

Conforto e praticidade

"Além de confortáveis, as cadeiras devem ser práticas e atender bem as necessidades dos moradores da casa”, pontua a especialista Claudia Yamada, sócia do Studio Tan-gram ao lado de Monike Lafuente. Em linhas gerais, as mesas de jantar costumam ter 75 cm de altura e, por isso, a altura ideal para as cadeiras é de 50 cm. A profissional também explica que em lares com crianças é importante que o móvel não possua quinas proeminentes e que seja revestido com tecidos mais resistentes e fáceis de limpar.

Modelos diferentes

Apostar no uso de cadeiras diferentes pode deixar o décor muito mais atraente e moderno. Uma dica da arquiteta Bianca Atalla, para deixar os elementos em harmonia é escolher um ponto em comum entre eles. "Pode ser a cor, matéria-prima, formato ou estilo. Assim, você torna o ambiente mais original e não pesa na decoração”, esclarece.

Outra alternativa para diversificar o mood do cômodo é lançar-se na mistura de bancos e cadeiras. Além de quebrar a seriedade que algumas salas de jantar possuem, as almofadas podem ser grandes aliadas para trazer ainda mais a identidade dos moradores e oferecer um conforto extra. Essa estratégia também pode ser contemplada em espaços gourmets e áreas externas, locais que em tempos não pandêmicos não estão recebendo convidados, mas que futuramente serão frequentados com ainda mais conforto.

Cores

Divulgação
Divulgação


Contemplar as cores traz um resultado divertido para a decoração. Para quem é mais comedido e prefere dosar na ousadia, a dica especial da arquiteta Carina Dal Fabbro é selecionar cores iguais ou seguir em uma paleta de tons semelhantes. Assim, é possível variar o gradiente de cor de uma cadeira para outra, formando uma espécie de degradê. A combinação também pode ser realizada com colorações complementares, como branco e preto ou vermelho e preto.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
Continue lendo
Cansado do frio?

Casa quentinha: confira cinco dicas de isolamento térmico

30 JUL 2021 às 16h27
Natureza em casa

Pensando em montar um jardim de inverno? Saiba por onde começar

29 JUL 2021 às 15h11
Sem reforma!

Como decorar uma casa alugada? Quatro dicas para você explorar

28 JUL 2021 às 15h12
Casa pequena?

Dicas para ampliar seu ambiente com espelhos

27 JUL 2021 às 15h43
Evite problemas no futuro

Onde não é indicado instalar piso vinílico?

26 JUL 2021 às 15h09
Chega de perrengue

Mora sozinho? Veja cinco eletrodomésticos para você não passar mais sufoco

24 JUL 2021 às 10h00
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados