Pesquisar

Canais

Serviços

- Zain Ali/Pexels
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Iluminação

Mito ou verdade: tire suas dúvidas sobre as luminárias de LED

Redação Bonde com assessoria de imprensa
14 mar 2022 às 19:36
Continua depois da publicidade

A procura por lâmpadas LED vem crescendo bastante nos últimos anos. Isso porque escolher por essa tecnologia pode diminuir drasticamente o tempo de manutenção, elevar a qualidade da iluminação do seu ambiente e ainda garantir uma redução significativa da conta no final do mês, economizando até 32% do valor total de sua fatura, sendo essas algumas de suas vantagens que vem ganhando o coração dos consumidores.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

 

Continua depois da publicidade

Contudo, as pessoas ainda têm algumas dúvidas em relação ao LED quando são comparadas às luminárias tradicionais. Por isso, a Karen Piedade, da Onnoled (divisão de negócio de soluções de iluminação sustentável da Varixx) resolveu esclarecer os principais mitos e verdades sobre o tema.


Luminárias de LED nunca esquentam


Mito. Ela emite um pouco de calor, porém essa temperatura não é repassada para o ambiente, devido aos dissipadores que removem a emissão desse calor na hora da conversão da eletricidade. Por esse mesmo motivo, esse tipo de Luminárias dura mais, chegando a atingir de 20 a 50 mil horas de uso, dependendo de como é usada.

Continua depois da publicidade


O LED causa cegueira


Mito. Sendo um dos maiores mitos sobre o assunto, as luminárias de LED só irão ser prejudiciais se usadas de maneira extremamente errada e muito próxima dos olhos. Para explicar isso, uma luz só causaria esse tipo de consequência se expostas por no mínimo 100w, durante 12h seguidas e numa distância de 10 centímetros, praticamente impossível, né? Inclusive, elas são até indicadas para uso em penteadeiras e abajures, que são locais, onde a luz fica mais próxima do rosto humano.


Pode ser dimerizado


Verdade. Mas afinal, o que é dimerizado? É quando é possível fazer o controle da intensidade da luz e para ter essa funcionalidade, além da luminária de LED, é necessário também um interruptor especial.


O LED não queima de uma vez


Verdade. Diferente das lâmpadas tradicionais que simplesmente param de pegar de uma só vez, o LED vai diminuindo a intensidade da sua força, como se estivesse avisando que sua vida útil está chegando ao fim, dando tempo do responsável se organizar e resolver essa questão.


Diminui a atração de mosquitos


Verdade. Segundo o ecologista Michael Justice, PHD pela Universidade da Carolina do Norte, existe uma diferença entre a capacidade de atração de insetos em mais de seis lâmpadas comuns. O resultado de sua pesquisa apontou que as luminárias de LED nas cores quentes possuem menor índice de atratividade de insetos, menor até mesmo que as próprias lâmpadas “anti-inseto”.


As Luminárias de LED não podem ser descartadas no lixo comum


Mito. Por seus materiais serem 98% recicláveis e não possuir metais pesados em sua composição, as luminárias de LED podem ser descartadas em lixos comuns ou recicláveis, as únicas que necessitam de um descarte especial são as fluorescentes, devido ao mercúrio presente nelas.


Não iluminam grandes áreas


Mito. Muito pelo contrário, as Luminárias de LED são usadas em grandes depósitos, em iluminação de rua, de postos de gasolina, supermercados e muitos mais, exatamente pela sua potência e durabilidade.


“Uma opção caso deseje realizar um projeto mais caprichado, seja para sua empresa ou residência, é buscar ajuda de um profissional como o arquiteto, ele irá ajudar a comprar os itens certos de LED e definir sua melhor forma de uso”, finaliza a profissional.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade