Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

Ano promete mais quadrinhos no cinema

08 jan 2004 às 10:59

O quadrinhista Mike Mignola fez questão de participar das criações visuais do filme de Hellboy
- Reprodução
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade


2003 deu continuidade à produção crescente dos filmes sobre histórias em quadrinhos. X-Men 2, A Liga Extraordinária, Hulk, Demolidor, Blade 2. Alguns dos filmes - como Hulk, Demolidor e A Liga Extraordinária - arrecadaram milhões de cifras a menos do que os esperados pelos produtores, mas ainda assim mostraram mais uma vez que o filão é bastante rentável e ainda pouco explorado.

Para este ano, a invasão dos personagens de papel para as grandes telas deve ser ainda mais intensa. Além dos já anunciados projetos sobre medalhões da Marvel Comics, como Homem-Aranha 2 e Justiceiro, os fãs também poderão acompanhar encarnações cinematográficas de revistas mais sombrias, independentes e com o chamado teor adulto.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O ano de adaptações começa a partir do dia 2 de abril, quando estréia Hellboy, da editora independente Dark Horse Comics. Criado pelo quadrinhista Mike Mignola, o filme segue o primeiro arco da revista (Sementes da Destruição). A trama narra a trajetória de um demônio que chega à Terra e, mais tarde, acaba deixando pra trás suas origens sombrias para liderar um grupo de superseres em uma agência secreta. Ron Perlman (Blade 2) vai encarnar o personagem no cinema, com a direção de Guillermo Del Toro (Blade 2, Espinha do Diabo).

Leia mais:

Uma homenagem ao grande personagem de Eisner

Rafael Sica lança ''Ordinário'' em Curitiba

Super-heróis se adaptam ao século XXI

Melhores de 2010


Em seguida, será a vez do Justiceiro aparecer pela segunda vez em Hollywood. A primeira, interpretada pelo ator Dolph Lundgren (Rocky IV, He-Man) teve baixo orçamento e pouca fidelidade à revista. Não agradou nem produtores e fãs e agora a Marvel Comics quer que essa seja a mais justa adaptação ao vigilante durão dos quadrinhos. O filme deve estrear entre junho e agosto e tem direção de Jonathan Hensleigh (roteirista de A Rocha), com Thomas Jane (Apanhador de sonhos) no papel de Frank Castle, John Travolta como o vilão do filme. Rebecca Romijn Stamos (X-Men, Femme Fatale) e Laura Harring (Cidade dos Sonhos) serão coadjuvantes na película.

Publicidade


Mas a produção mais aguardada será a sequência de Homem-Aranha. Com estréia prevista para 2 de junho, o filme promete superar o sucesso de audiência e de faturamento - o primeiro embolsou um total de mais de US$ 8 bilhões no mundo todo, com bilheteria e merchandising. Desta vez, Peter Parker (Tobey Maguire) tenta equilibrar ainda mais sua vida pessoal com a do herói aracnídeo, ainda mais sob a pressão do amor por Mary Jane Watson (Kirsten Dunst). Pra piorar, o 'amigo da vizinhança' terá pela frente o ódio crescente de seu amigo Harry Osborn (filho do vilão morto no primeiro filme, Duende Verde) e os tentáculos mortíferos de Doutor Octopus (Alfred Molina), grande vilão dos quadrinhos. O burbúrio já começou nas revistas mensais do personagem nos Estados Unidos, já que vários especiais e histórias têm trazido de volta a ameaça de Octopus, meio apagada nos últimos tempos.


Em agosto é a vez de Blade, o caçador de vampiros, retornar para sua terceira aventura cinematográfica. Wesley Snipes vai, mais uma vez, encarnar o papel do meio humano, meio chupador de sangue. O 'mês do cachorro louco' também terá a estréia do primeiro encontro nos cinemas de duas das piores raças extraterrestres da sétima arte e dos quadrinhos. Aliens versus Predador, dirigido por Paul W.S. Anderson (Resident Evil), mostra os humanos tentando encontrar novas formas de vida e também aperfeiçoando a inteligência artificial e as viagens espaciais. De acordo com o que foi revelado até agora sobre o roteiro, a história se passa antes da viagem de Ripley (do filme Alien, o Oitavo Passageiro) e terá conexões com toda a história sobre os alienígenas mostrado até agora nos cinemas.

Publicidade


No mês seguinte, Keanu Reeves tentará fazer o público esquecer um pouco o Neo de Matrix em Constantine, na adaptação sobre o bruxo moderno John Constantine, da revista Hellblazer, da DC Comics. Rachel Weisz viverá a detetive Ângela, que busca auxílio de Constantine para decifrar a morte sobrenatural de sua irmã. A direção fica por conta do estreante Francis Lawrence e terá o vocalista da banda Bush, Gavin Rossdale, no papel do vilão Balthazar, e Djimon Hounsou (Tomb Raider: A Origem da Vida) como o sacerdote vodu Papa Meia-Noite.


2004 ainda promete um trash movie sobre o Homem-Coisa e uma adaptação sobre a Mulher-Gato, com a vencedora do Oscar, Halle Berry, no papel da heroína. Só que esses dois não devem chamar muita atenção, já que as imagens reveladas sobre as filmagens de ambos até agora não animou nem um pouco os fãs de quadrinhos.

Música+Quadrinhos: The Black Keys+Hellblazer


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade