Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Orientações

Cuide-se! Risco de lesão muscular é 30% maior no inverno

Redação Bonde
08 jul 2014 às 09:13
- Reprodução
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Com a chegada do inverno as pessoas costumam ficar menos dispostas a prática de atividades físicas, entretanto, esse é o período do ano em que o corpo necessita de mais movimento. De acordo com o personal trainer da Hype Fitness, Rodrigo Telles, no inverno a musculatura tende a ficar mais contraída que normalmente e o corpo demora mais tempo para aquecer. Estima-se que o risco de ter uma lesão muscular no inverno é 30% maior quando comparada ao verão.

Segundo Telles, o metabolismo no inverno é diferente das demais estações do ano. "Para manter a temperatura interna do corpo, o metabolismo é acelerado no inverno. A vantagem é que as reservas energéticas são ‘queimadas’ para manter o corpo aquecido. Por outro lado, a fim de repor esse consumo, a ingestão de alimentos mais calóricos tende a ser maior", afirma.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Vantagens

Leia mais:

Imagem de destaque
8 de agosto a 8 de dezembro

Programa de Atividade Física da UEL abre programação até dezembro; confira as atividades

Imagem de destaque
Novos hábitos

Confira quatro dicas para começar a praticar esportes

Imagem de destaque
Mulheres com mais de 40 anos

Outubro Rosa: mulheres já devem agendar exames

Imagem de destaque
Cuidado com a saúde

Mulheres são as mais afetadas pela diabetes no Brasil


Praticar atividade física no inverno possui vantagens, pois possibilita adquirir a disciplina necessária para manter uma dieta equilibrada e usar este gasto calórico extra a favor, com o objetivo de redução de gordura.

Publicidade


Outra vantagem é o fortalecimento do sistema imunológico, que potencializa os mecanismos de defesa do organismo auxiliando no combate às doenças comuns da estação. Estudos comprovam que no frio o gasto calórico também é maior, por conta da aceleração do metabolismo para manter a temperatura corporal alta. "Além disso, os problemas relacionados às atividades esportivas no calor, como hidratação deficiente, aclimatação inadequada, síncope induzida pelo calor e hipotensão, normalmente não acontecem no inverno, por isso, é uma boa época para se praticar esportes", diz o personal trainer.


Telles afirma que no período de inverno, é notada a evasão de alunos nas academias, mas ainda assim, existe a procura por parte de quem quer recuperar o tempo perdido e chegar ao verão com um corpo saudável. Embora não exista nenhuma formula mágica, que não seja a dedicação ao exercício acompanhado por uma dieta balanceada, é possível conseguir bons resultados. "É possível conseguir uma transformação corporal em cinco ou seis meses. É importante lembrar que grandes mudanças e adaptações crônicas acontecem após, pelo menos, um ano de treinamento", destaca Telles.

Publicidade


No caso de pessoas que praticam atividade física com frequência e pretendem diminuir a intensidade dos exercícios, o personal faz um alerta: a redução deve ser planejada. "O afastamento temporário, seja por lesão, férias ou durante a estação mais fria do ano pode causar perdas importantes, como o aumento do percentual de gordura e doenças relacionadas à falta de exercícios tais como hipertensão e diabetes. Essa diminuição da frequência deve ser prevista num programa de exercícios lento, gradual e regressivo partindo da intensidade a qual se está acostumado à intensidade moderada a baixa", diz.


Mantendo o pique

Publicidade


Para manter a saúde e a prática de atividades físicas no inverno, o personal dá algumas dicas. Anote:


Procure praticar exercícios em clubes ou academias que tenham ambientes climatizados e que podem incentivar até a busca de outras atividades além das já praticadas;

Publicidade


Faça pausas menores entre as séries e cuidado com o excesso de roupas;


Realize entre 10 e 15 minutos de aquecimento antes de iniciar o alongamento propriamente dito;

Publicidade


Independente da atividade a ser realizada, é importante fazer previamente uma caminhada de baixa intensidade;


Ao terminar o treino, tire imediatamente a roupa molhada de suor e coloque uma roupa seca e um agasalho para manter a temperatura do corpo;

Publicidade


É importante ingerir alimentos que elevem a temperatura do corpo, como as proteínas (carne, peixes, frios, leites e derivados);


Também é possível aumentar a temperatura do corpo com líquidos quentes. A hidratação deve ser intensificada visto que nessa época a ingestão de líquidos tende a ser menor.


A academia Hype Fitness adota uma metodologia própria, chamada de metodologia das estações, que é a adaptação das físicas de acordo com as estações do ano e às necessidades do organismo. Dessa forma, os exercícios físicos diferem, mas mantêm as suas características principais.

Serviço:
Hype Fitness


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade