Pesquisar

Canais

Serviços

Dicas!

Saiba como se portar corretamente no ambiente de trabalho

- Reprodução/Pixabay
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
31 out 2019 às 11:21
Publicidade
Publicidade

É fato que a maioria da população adulta passa a maior parte do tempo trabalhando. Por isso, é importante que haja um limite de comportamento no ambiente de trabalho. Nos escritórios e demais locais de labor, precisamos evitar algumas atitudes que podem nos prejudicar - mesmo em lugares mais descontraídos, como startups de tecnologia e agências de comunicação.

Se você tem dúvidas sobre como se portar em um ambiente de trabalho, confira as dicas abaixo:

Publicidade
Publicidade


Respeito é regra básica - Muitas coisas não são recomendadas em um ambiente de trabalho e a primeira regra é: tudo precisa ser baseado no bom senso e no respeito ao próximo. Para Eliane Catalano, coordenadora de recrutamento e seleção da RH NOSSA, qualquer profissional precisa saber analisar como são seus colegas de trabalho para evitar situações constrangedoras:


• Tenha cuidado com o tipo de brincadeira que pode ser feita;
• Nunca fale mal das pessoas que estão trabalhando ali;
• Respeite a hierarquia no ambiente de trabalho.

Publicidade
Publicidade


"Pode acontecer de um profissional ter alguma dificuldade com seu chefe. Ao invés de fazer o correto, que é discutir diretamente com seu líder, este profissional acaba falando mal para outras pessoas. Isso sem falar do lado oposto, que são pessoas que ficam ‘puxando o saco’ de seus chefes em busca de alguma vantagem. A verdade é que só alcançamos alguns benefícios e promoções quando há mérito e só há mérito quando se trabalha corretamente. Falar pelas costas ou bajular não são boas alternativas”, declara Eliane.


Respeite para ser respeitado - Muitas vezes a pessoa pode ficar na dúvida sobre o que é ser proativo ou bajulador e, até mesmo ficar parado, no ostracismo, esperando algum confronto com o seu chefe. É preciso desenvolver o respeito pela hierarquia e não atrapalhar processos.

Publicidade


"Vivemos um momento em que criatividade e proatividade são diferenciais e tudo pode ser dito da forma correta. Se você tem uma ideia que pode contribuir em algum projeto, o diálogo é o melhor caminho. Respeitar a hierarquia é falar com quem precisa ouvir o que precisa ser dito. O líder está ali para intermediar situações e contribuir com a equipe. Se existe uma hierarquia, eu não posso tomar decisões que atropelem este sistema. Não é preciso ter medo de expor as ideias desde que se saiba dialogar. O líder pode dizer o que pode ser feito", esclarece a especialista.

Publicidade


Segure suas emoções - O temperamento é outro detalhe que requer atenção. Se a pessoa tiver um temperamento parecido com um barril prestes a explodir e não se controlar, ela acaba sendo grosseira ou extremamente tímida. Acredite, isso pode atrapalhar mais cedo ou mais tarde.


Para Eliane, o trabalho não é extensão de nossa vida pessoal, então ser grosseiro não é uma opção: "Tem que tomar cuidado ao brincar demais e perder a educação, falar coisas indevidas e ser inconveniente. Muitas vezes, os colegas de trabalho estão concentrados e precisam deste momento, portanto qualquer comentário polêmico vai atrapalhar. Ninguém tem o direito de descontar suas questões pessoais com colegas de trabalhos”.

A (atraente) e temida fofoca - Conhecida como "rádio corredor”, a fofoca é mais prejudicial para quem faz do que o alvo da conversa. A coordenadora de RH explica que todos precisam pensar na equipe como um todo e, se algo incomoda, a questão precisa ser resolvida com esta pessoa. Portanto, nada de ficar espalhando informações contraditórias ou, para usar uma palavra do momento, "fake news.”


Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade