Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Evite a caspa

Couro cabeludo merece mais atenção na época do frio

Redação Bonde
18 jun 2009 às 08:25
- Reprodução
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Com a chegada do inverno, período marcado pelo frio e pelo tempo seco, as doenças do couro cabeludo costumam se agravar. Cada vez mais frequentes, as caspas, a queda dos fios e a coceira são alguns dos problemas que insistem em incomodar nessa época do ano. Por isso, os cuidados precisam ser redobrados.

A dermatite seborréica, a temida caspa, é uma das doenças mais comuns na temporada. Ela acomete de 2% a 5% da população, sendo mais freqüente no sexo masculino. Pode ser mais intensa nos recém-nascidos e a partir da adolescência. O médico Gilvan Alves, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, afirma que o problema é freqüente na adolescência devido a alterações hormonais. "Nessa fase, as glândulas sebáceas estão em maior atividade", comenta.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A caspa tem caráter crônico, com tendência a períodos de melhora ou piora. "No inverno, a queda da temperatura e a baixa umidade provocam deixam a pele mais suscetível a irritações e inflamações", afirma o especialista. O estresse e o cansaço ligados ao ritmo de vida acelerado também podem ser os fatores desencadeadores da patologia. "Por se tratar de uma doença crônica, é importante o uso de medicamentos, como xampus apropriados", explica o dermatologista.

Leia mais:

Imagem de destaque
Viralizou

Head spa, técnica que une tratamento capilar e massagens, também promete aliviar estresse

Imagem de destaque
Confira

Dez tendências de coloração para os cabelos no outono-inverno

Imagem de destaque
Naked nails

Por praticidade e estilo, mulheres aderem às unhas naturais

Imagem de destaque
Maquiagem

Batom vermelho é a principal tendência da próxima temporada, dizem maquiadores da SPFW


Fios em queda

Publicidade


A queda de cabelo afeta um grande número de pessoas e pode trazer conseqüências biopsicossociais. "A alopecia decorre da alteração no folículo piloso. Se essa alteração não destrói a matriz capilar, os fios voltam a crescer naturalmente. Caso contrário, pode resultar na formação de feridas e produz uma perda permanente", alerta.


Na estação mais fria, a psoríase e a dermatite atópica podem surgir no couro cabeludo e em outras partes do corpo. Vale destacar que o diagnóstico das doenças é feito sempre por um dermatologista, que irá prescrever o melhor tratamento para cada caso.

Publicidade


Dicas para prevenir as doenças do couro cabeludo


Lave o cabelo com água de morna para fria, com temperatura por volta de 22ºC;

Publicidade


Não durma com os cabelos molhados ou úmidos;


Use xampus adequados ao seu tipo de cabelo e condicionador apenas nas pontas;

Publicidade


Não utilize produtos ou medicamentos sem orientação médica;


Alimente-se de forma saudável, ingira água em abundância e mantenha sob controle o estresse;

Procure um dermatologista diante de sintomas no couro cabeludo.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade