19/06/21
PUBLICIDADE
Foi adiada!

Aulas da rede municipal voltam dia 23 de fevereiro em Cambé

Prefeitura de Cambé
Prefeitura de <a href='/tags/cambe/' rel='noreferrer' target='_blank'>Cambé</a>


A Prefeitura de Cambé, por meio da Secretaria Municipal de Educação, confirmou o início do ano letivo dos alunos da rede municipal para o dia 23 de fevereiro na cidade. O retorno às escolas será de maneira híbrida, com aulas presenciais e remotas, ou apenas online. Caberá aos pais decidir qual o modelo escolhido para as aulas dos filhos. A volta às aulas estava marcada inicialmente para o dia 18, mas o prefeito Conrado Scheller decidiu adiar em cinco dias.

"Entendo o momento crítico que temos vivido por causa da pandemia, mas também entendo a necessidade dessas crianças de voltar à rotina escolar. Estou tomando minhas decisões baseado nas do governo do Estado. Neste momento, peço a colaboração dos pais no diálogo com as crianças quanto à importância de seguirem à risca o protocolo de segurança estabelecido, e dos funcionários da rede de ensino em também seguirem essas recomendações para que nossa volta às aulas seja segura e com êxito", apontou o prefeito.

Neste primeiro momento, serão quatro aulas semanais, de terça a sexta-feira. As segundas serão reservadas para uma higienização mais completa das salas de aula e de todo o ambiente escolar, além de ser o dia de atendimento e entrega de materiais aos pais de alunos que optarem pelas aulas exclusivamente online.

Nas aulas presenciais, os professores trabalharão com 50% dos alunos em sala de aula e os outros 50% em casa. Os grupos serão alternados a cada semana, revezando quem vai para a escola e quem recebe o conteúdo à distância. As entradas dos alunos serão escalonadas, com intervalos de 10 a 15 minutos entre uma turma e outra para evitar aglomeração na porta das escolas e nos pátios. O horário do intervalo também terá escalonamento e as merendas serão servidas e consumidas na própria sala de aula.

Segundo a secretária municipal de Educação, Estela Camata, todas as escolas seguirão um rigoroso protocolo de segurança e prevenção durante as aulas. Foram adquiridos equipamentos de proteção individual para professores e demais funcionários, além de tapetes sanitizantes para portas, termômetros, totens e dispensadores de álcool em gel, máscaras, entre outros produtos.

"Com relação ao uso de máscaras, estipulamos que tanto professores quanto alunos as troquem a cada 2 horas. Assim, elas devem ser trocadas na hora do intervalo”, ressalta a secretária.

Camata lembra que a Prefeitura tem seguido as recomendações do governo estadual para tomar decisões referentes à pandemia do COVID-19 e com a volta às aulas não foi diferente. "Reconhecemos o estado de pandemia, mas vemos também que outras situações nada agradáveis estão acontecendo com as crianças justamente pela falta das aulas. Muitas crianças estão com problemas emocionais, de relacionamento, fora a vulnerabilidade”, pontuou a secretária.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
Continue lendo
Saiba Mais!

Entenda as diferenças entre privatização, concessão e PPP

19 JUN 2021 às 10h00
Qualificação online

Curso gratuito e aberto ao público capacita para atendimento a animais alvo de desastres naturais

18 JUN 2021 às 17h33
Evento online e gratuito!

Pesquisadores do Paraná organizam Jornada sobre Reforma Agrária

18 JUN 2021 às 17h18
Saiba como participar!

UEL abre inscrições para III Módulo do Curso de Formação de Treinadores

18 JUN 2021 às 16h52
Não esqueça!

Terminam nesta sexta-feira (18) as inscrições do Encceja 2020 para privados de liberdade

18 JUN 2021 às 15h40
Entenda

Perfil de membros de 'tribunal ideológico' do Enem preocupa funcionários do MEC

18 JUN 2021 às 15h28
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados