Pesquisar

Canais

Serviços

- Rafael Stolf/ Reprodução Instagram UEL
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Apuração

UEL investiga mensagens racistas deixadas em banheiros

Isabella Alonso Panho - Especial para a Folha
10 mai 2022 às 08:03
Continua depois da publicidade

Viralizaram nas redes sociais duas fotografias que teriam sido feitas dentro de um banheiro masculino da UEL (Universidade Estadual de Londrina) contendo frases de teor racista e de exaltação a Hitler e Mussolini. As imagens geraram indignação e serão investigadas pelos órgãos competentes da universidade.  

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Os dizeres foram escritos de canetinha em uma parede e em um porta-papel higiênico de um banheiro do CCE (Centro de Ciências Exatas), contendo os dizeres “negros são burros”, “negros devem morrer” (ambas em inglês), “eles são burros sim”, “fascismo vive”, “heil Hitler and Mussolini”. O prédio abarca os cursos de Biotecnologia, Ciência da Computação, Física, Geografia, Matemática e Química.  

Continua depois da publicidade


Diversos grupos e órgãos, indignados com os escritos, elaboraram uma nota de repúdio que, até a conclusão desta reportagem, foi assinada por 88 entidades, departamentos, colegiados, projetos de pesquisa ou extensão e coletivos independentes.  


Segundo o documento, “Essas frases são criminosas, pois, segundo a Lei n. 7.716, de 5 de janeiro de 1989, devem ser punidos ‘os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional’.  


O racismo é crime, bem como o proselitismo ao fascismo e ao nazismo”. O mesmo grupo que articulou a elaboração da nota formalizou o encaminhamento do caso aos canais da Universidade. Em nota, a UEL confirmou o recebimento das denúncias junto à sua Ouvidoria e afirmou que abrirá processos internos para averiguação da autoria através da análise das imagens de segurança da Prefeitura do Campus.  

Continua depois da publicidade


Continue lendo na Folha de Londrina.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade