Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

Canções de amor norteam novo CD de Ney Matogrosso

Agência Estado/Redação Bonde
15 out 2009 às 14:54
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Camaleão Ney Matogrosso lança neste mês de outubro seu novo trabalho 'Beijo Bandido'. Parte do repertório do novo CD é de canções antigas, muitas delas já gravadas por ele em outros álbuns próprios ou em participações de projetos de amigos. Outra parte é contemporânea.

Como Ney há tempos vem alternando trabalhos extravagantes com outros, digamos, mais sóbrios, este, que recai no segundo formato, pode parecer recatado, mas não é.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Ecos da pegada pop-roqueira de "Inclassificáveis" ressoam no comportamento e na sonoridade moderna do novo CD, de resto todo acústico. A direção musical e os arranjos são de Leandro Braga, cujo piano se sobressai, por vontade de Ney. Os outros músicos que o acompanham são Lui Coimbra (cello e violão), Ricardo Amado (violino e bandolim) e Felipe Roseno (percussão).

Leia mais:

Imagem de destaque
Apoio

Chico Buarque assina manifesto em defesa do padre Júlio, alvo de CPI

Imagem de destaque
Homem atemporal em 2023

Men of the Year: Dr. JONES elege Péricles como homem atemporal em categoria inédita

Imagem de destaque
The Tour em São Paulo

Jonas Brothers anunciam único show em São Paulo em abril de 2024

Imagem de destaque
The Eras Tour

Guinness confirma que Taylor Swift fez a turnê mais lucrativa da história


A maioria das canções trata de relações amorosas, mas ele não se derrama em sentimentalismo. O repertório começou a ser montado a partir do desejo de Ney recuperar canções que havia gravado com outros intérpretes e que, por questão de logística, ficaram de fora da caixa Camaleão, organizada por Rodrigo Faour. Outras ele já tinha vontade de cantar fazia tempo.

O título "Beijo Bandido" foi extraído de um dos versos da canção "Invento", de Vitor Ramil. Quando Ney foi convidado a interpretar o protagonista de "Luz nas Trevas", de Helena Ignez, sobre a história do Bandido da Luz Vermelha, pensou até em mudar o título do CD. "Mas não consegui encontrar outro tão forte." Ney já fez quatro prévias do show e vai estrear em novembro no Teatro Bradesco, em São Paulo.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade