Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
'Especialista do tempo'

Bonner sugere Maju em cúpula do clima e gera desconforto na Globo

Redação Bonde
24 nov 2015 às 16:36
- Reprodução
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Bancada por William Bonner, a escalação de Maria Júlia Coutinho, a Maju, para cobrir a Conferência do Clima em Paris gerou desconforto nos bastidores da Globo. O principal argumento dos descontentes é que Maju é uma especialista em previsão do tempo, não em meio ambiente, tema do qual tratará a cúpula que reunirá os principais chefes de Estado, entre eles Barack Obama, e que ganhou ainda mais atenção depois dos ataques terroristas do último dia 13.

Com abertura na próxima segunda-feira (30), 21ª Conferência do Clima (COP 21) terá como principal objetivo traçar um acordo internacional pela redução da emissão de gases que causam o efeito estufa e o consequente aquecimento do planeta. Não é, portanto, um assunto que uma boa moça do tempo como Maju deva estar alheia.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Mas, mesmo assim, a chiadeira nos corredores da Globo tem sido grande. A reprovação atinge diferentes níveis hierárquicos, de chefes a produtores que gostariam de cobrir o evento. Além de Maju ter sido uma imposição de Bonner, editor-chefe do JN, pesa o fato de ela estar apresentando o tempo no principal telejornal da casa há apenas sete meses. Com um jeito mais informal de apresentar o tempo, referindo-se a Belo Horizonte como Beagá, por exempolo, Maju virou a principal referência das reformas feitas no JN e assim conquistou a simpatia do poderoso Bonner.

Leia mais:

Imagem de destaque
Inscrições abertas

Band abre inscrições para as temporadas do “MasterChef Brasil” em 2024

Imagem de destaque
Parceria de longa data

Ana Hickmann vai apresentar especial de fim de ano na Record; saiba como será

Imagem de destaque
Saiba mais

Luis Miranda e Marcos Veras vão comandar quadros no reality BBB 2024

Imagem de destaque
Entenda

Angelina Jolie diz não conseguir viver livremente após se separar de Brad Pitt


Os críticos da escolha de Maju para a COP-21 já estão fazendo piada com o assunto. Dizem que a jornalista vai a Paris para dizer como estará o tempo no dia seguinte em cidades como Washington e Moscou, não para cobrir as decisões da cúpula. Indignados, insistem que a emissora deveria enviar a Paris jornalistas com experiência em cobertura de política e assuntos internacionais, já que o que se fará em Paris é política.

Procurada, a Globo não comentou o assunto nem revelou os demais profissionais que serão destacados para a cobertura da Conferência do Clima de Paris. A emissora informou apenas que não é a primeira vez que uma apresentadora do "mapa do tempo" vai a uma cúpula mundial de meio ambiente. Lembra que Flávia Freire já foi a uma delas.
(com informações do site UOL)


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade