07/04/20
32º/19ºLONDRINA
PUBLICIDADE
|
Eliminado do BBB 20

Hadson diz que não é machista, mas respeita causa feminista

Hadson participou do Mais Você (Globo) na manhã desta quarta-feira (12). O ex-jogador de futebol foi o terceiro eliminado do Big Brother Brasil 20. Ele teve 79,71% dos votos na disputa contra Felipe Prior, que teve 20,29%%.

Divulgação
Divulgação


Ao ser questionado por Patricia Poeta sobre a porcentagem de votantes que o fez sair, ele disse que ainda não absorveu todas as informações, mas sabe o motivo de sua saída. "Foi uma falha que eu não deveria ter cometido", afirmou o ex-jogador.

Hadson foi um dos participantes mais polêmicos do programa. Ele esteve no centro da briga entre homens e mulheres na casa quando Marcela revelou para as outras sisters o teste de fidelidade que o ex-jogador de futebol chegou a propor como forma de queimar as famosas comprometidas no programa.

O ex-jogador disse que realmente percebeu que ele estava com a imagem ruim perante ao público com a entrada de Daniel, que veio da casa de vidro. "Ele já entrou na casa dizendo para a Marcela, 'você está certa' e evitando a gente, não olhando nos nossos olhos", afirmou Hadson.

Ele se defende, dizendo que só agiu assim porque estava competindo. "Não sou assim, quando eu estou competindo é que eu sou dessa forma. Eu deveria ter entrado normal", afirmou ele.

Hadson diz que a primeira intenção era ir contra os famosos ou o grupo definido como Camarote. Logo depois, ele propôs a ideia de queimar as mulheres comprometidas tentando seduzi-las. Ele comentou isso direto com Marcela, do grupo Pipoca, que repassou a informação para as companheiras do Camarote.

"Se vocês virem a origem da conversa, não fui eu que criei aquilo. Cada um falou um pedaço do que ia fazer para chegar a um objetivo. Assumo que participei. Tem horas que a gente pode errar e horas que a gente não pode. Errei na hora errada. Como eu falei, eu estava muito focado no jogo e não vi a dimensão disso", afirmou o jogador.

"Jogo tem limite também", provocou Patricia Poeta. "É, eu me arrependo muito". Fabricio Battaglini também o questionou sobre ele ter negado a estratégia quando foi confrontado pelas mulheres.

Ele também disse que não se considera machista. "Jamais. As mulheres têm direito de achar que eu sou. Vou aprender com meu erro, vou buscar crescer com isso e não sou contra a causa dos feminismo. Eu me separei e fui morar só com mulheres. Errei, eu sou humano".

ELIMINAÇÃO

Ao deixar a casa, Tiago Leifert questionou se Hadson se arrependia de alguma coisa, Hadson disse que deveria ter segurado um pouco a ânsia por jogar. "Entrei para jogar (...) não é desejar mal a ninguém, mas deixar a pessoa descontrolada."

Há uma semana, quando Petrix deixou deixou o programa e a maioria dos brothers se surpreendeu com a eliminação, Pyong disse que o próximo a sair seria Hadson. "Ele vai sair na semana que vem", afirmou.

O brother disse que os homens da casa estavam usando Lucas "para distrair, para que as mulheres cedam, as que são casadas lá fora".

Embora tenha dito mais tarde para Felipe Prior que o plano seria um blefe, a estratégia do grupo foi confirmada pouco tempo depois em conversa entre Petrix (o primeiro eliminado) e Lucas.

Antes do resultado do paredão, Hadson e Prior pediram desculpas para as mulheres por ações que eles tiveram na casa. Rafa Kalimann respondeu que a atitude deles de reconhecerem isso fazia muito diferença para as mulheres da casa.

"Peço também perdão se te magoei, porque um erro não justificativa outros", disse a blogueira.

O ex-jogador de futebol já estava envolvido em polêmicas antes mesmo do início do programa. Um vídeo em que ele aparece humilhando um homem, torcedor de um time rival, voltou a circular nas redes sociais horas antes da estreia do reality na Globo.

No vídeo, Hadson obriga o torcedor a ajoelhar e pedir desculpas por algo que ele teria feito anteriormente. Na sequência, ele rasga a camisa que o homem veste. O ex-jogador também tenta rasgar o shorts, mas como não consegue, pede para o torcedor tirá-lo.

"Se vocês não tiveram coragem de fazer, Bola e Júnior, eu rasgo, olha aqui", afirma Nery, citando nomes que estariam envolvidos em sua vingança.

Além disso, em 2018, o ex-atleta foi denunciado pela ex-mulher dele que chegou a pedir medidas protetivas contra o rapaz em 2018. No sistema do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, onde o caso foi registrado, o processo é qualificado como contravenções penais e violência doméstica contra a mulher.

Segundo publicado em nota oficial nas redes sociais de Hadson, o caso já está arquivado e o pedido da medida protetiva feito pela ex-mulher não seria por agressão física. De acordo com o informado, a solicitação foi feita para evitar que Nery fosse procurar a então esposa no trabalho dela, como já tinha ocorrido em outras oportunidades.

O ex-jogador paraense de futebol jogou pelo Corinthians e depois foi trilhar sua carreira em outros países. Já morou em sete diferentes e foi casado por 15 anos. Ele tem dois filhos.
Folhapress
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Conteúdo relacionado:
Você se lembra?
Kleber BamBam recorda participação no BBB e mostra carro novo avaliado em R$ 800 mil
Festa no sábado
Polícia Civil investiga supostos assédios cometidos por Pyong Lee durante festa no 'BBB 20'
BBB 20
Bianca diz que já ficou com DJ gata e internautas citam Bárbara Labres
Continue lendo
Bem coerente
JK Rowling critica coaches que cobram produtividade de pessoas em isolamento
06/04/2020 16:56
Sexto álbum de Gaga
Lady Gaga divulga capa do novo álbum, 'Chromatica', nas redes sociais
06/04/2020 14:57
Polêmica
Maria Flor aponta machismo em ameaças após fala sobre Bolsonaro
06/04/2020 11:37
Falsiane?
'Você é a mais falsa que tem aqui dentro', diz Rafa para Flayslane no BBB
06/04/2020 11:03
Alívio
Diagnosticado com coronavírus, cantor Antony diz que ‘pior já passou’
06/04/2020 09:55
Veja mais e a capa do canal