Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Até 31 de março

Bolsa-Atleta entra na última semana de inscrição

Ministério do Esporte
26 mar 2007 às 14:10
Publicidade
Publicidade

O programa Bolsa-Atleta, do Ministério do Esporte, encerra no dia 31 de março o processo de inscrição para os benefícios de 2007. Desde o primeiro dia do ano até esta segunda-feira (26), quase 5 mil já acessaram o portal do Ministério (www.esporte.gov.br) procurando informações sobre o pleito. Os números deste ano bateram todos os recordes: em 2006, em toda a fase de seleção, 3.725 atletas buscaram os recursos. Em 2007, já estão computados 4.341 esportistas que concluíram, com sucesso, a etapa de entrega da documentação necessária. O Orçamento deste ano prevê R$ 13,2 milhões para o programa.

O Bolsa-Atleta é pago por 12 meses e as inscrições para o programa são reabertas anualmente. Cada atleta recebe um cartão da Caixa específico do Bolsa-Atleta para sacar, todo mês, a quantia pleiteada em qualquer agência da Caixa. Diferentemente de outros programas voltados para o esporte, os recursos vão diretamente para os competidores, atendendo às necessidades de cada um.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Requisito:

Leia mais:

Imagem de destaque
Histórico

Palmeiras abre o cofre e deve bater recorde com quase R$ 200 mi em reforços

Imagem de destaque
Começa nesta quinta

Brasil busca 10º título da Copa América, que pode ter despedidas de Messi e Suárez

Imagem de destaque
Análise

Messi diz acreditar em Copa América equilibrada e lamenta desfalque de Neymar

Imagem de destaque
No z4

Inter vence com golaço e faz Corinthians entrar no Z4 e mergulhar na crise


Para ter acesso à Bolsa Estudantil, além dos pré-requisitos básicos, o atleta precisa ter mais de 12 anos, estar regularmente matriculado na escola e ter participado de competição no ano anterior, tendo se classificado entre o 1º e o 3º lugar nos esportes individuais das Olimpíadas Escolares ou estar entre os 24 melhores selecionados em jogos de esportes coletivos nessa mesma competição, que é organizada pelo Ministério do Esporte em parceria com o Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Publicidade


Para ter acesso ao recurso da categoria Nacional, é necessário ser maior de 14 anos, estar vinculado a uma entidade de prática desportiva (clube), ter filiação à entidade da sua modalidade e ter participado de competição no ano anterior, com classificação de 1º a 3º lugar no evento máximo nacional organizado pela entidade nacional de administração de sua modalidade (geralmente as confederações) ou de 1º a 3º lugar no ranking nacional por ela organizado.


Na categoria Internacional, o candidato também precisa ser maior de 14 anos, ter filiação à entidade da sua modalidade e ter participado de competição no ano anterior com classificação entre o 1º e o 3º lugar em campeonatos ou jogos Sul-americanos, ou em competições restritas às modalidades, como Pan-americano e Parapan-americano ou campeonato ou jogos mundiais específicos.

Já na categoria Olímpica e Paraolímpica, é preciso ser maior de 14 anos, ter filiação à entidade da sua modalidade e ter integrado, na qualidade de atleta, as delegações brasileiras, ou ter participado da última edição dos Jogos Olímpicos ou Paraolímpicos.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade