Pesquisar

Canais

Serviços

Emprestado ao Coxa

Palmeiras tem acordo com lateral do Londrina

Agência Estado
10 out 2012 às 16:09
- Divulgação/Coritiba
Publicidade
Publicidade

O Palmeiras já tem apalavrado seu primeiro reforço para 2013 e aguarda apenas uma questão ética para anunciar a contratação do lateral-direito Ayrton. Um acordo de cavalheiros entre o Londrina, dono dos direitos econômicos do jogador, e o Coritiba, onde ele está jogando atualmente por empréstimo, impedem o anúncio oficial palmeirense antes do fim do ano.

Ayrton recebeu uma excelente proposta do Palmeiras, confirmada pelo empresário do atleta e gestor do Londrina, Sérgio Malucelli. "Não acredito que o Coritiba cubra o que foi oferecido. A proposta é muito boa, mas não podemos fechar nada ainda por causa do acordo que temos com o Coritiba", disse o agente.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O acordo determina que, no final do ano, o Coritiba pode exercer o direito de comprar o atleta, mas isso não está definido no contrato, tampouco foi falado valores do quanto o clube paranaense teria de pagar. Tudo não passou de um acerto verbal.

Leia mais:

Imagem de destaque
Chiangrai United

Ex-Corinthians foi roupeiro e árbitro até virar técnico

Imagem de destaque
Série A

Piquerez cita top 3 laterais do Brasileiro e vê liga como mais equilibrada

Imagem de destaque
Enzo

Santos deve contar com jovem atacante boliviano em estreia da série B

Imagem de destaque
Lembra dele?

Jeito de Neymar, reverenciado por Maradona: morte de Dener completa 30 anos


Ayrton vai assinar um contrato de cinco anos e o Palmeiras ficará com 50% dos direitos federativos. A outra parte permanecerá com o Londrina, que o emprestou ao Coritiba neste ano.

Publicidade


O vice-presidente de futebol do Palmeiras, Roberto Frizzo, confirmou que o acerto está próximo. "Não é o momento para falar de contratações, ainda mais de quem está em outro clube, mas é um jogador que temos algo certo, mas sem assinar nada", disse o dirigente.


Ayrton se recupera de uma lesão no músculo adutor da coxa direita e, por isso, não joga nesta quinta-feira, quando o Coritiba enfrenta o Palmeiras. Mas disputar a Libertadores do ano que vem é algo que interessa ao jogador e faz com que a vontade de jogar com a camisa palmeirense aumente ainda mais.


"Claro que a Libertadores é uma vitrine e motiva ainda mais, mas a camisa e a importância do Palmeiras também não pode ser ignorada", disse Sérgio Malucelli. Ayrton tem 27 anos e já defendeu, além do Coritiba, Londrina, Americano, Atlético-GO, Botafogo (SP), Bahia, Jataiense, Iraty, Paraná e Velo Clube - ele iniciou a carreira no Fabril (MG).

Considerado um dos destaques do Coritiba na campanha do vice-campeonato da Copa do Brasil deste ano, o lateral chama a atenção também pelas boas cobranças de faltas. Na decisão contra o Palmeiras, ele marcou o gol do time paranaense no empate de 1 a 1 no Estádio Couto Pereira.


Publicidade
Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade