23/06/21
PUBLICIDADE
Pandemia

Brasil registra 2.545 mortes por Covid em 24 h e média móvel fica abaixo de 2.000

Pixabay
Pixabay



O Brasil registrou 2.545 mortes pela Covid-19 e 76.638 novos casos da doença nesta quarta-feira (12). O país, assim, chega a 428.256 óbitos e a 15.361.686 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia, no ano passado.


A média móvel de mortes ficou em 1.944 óbitos por dia, abaixo de 2.000 pelo segundo dia consecutivo após quase dois meses superando a marca.

Ainda assim, são 112 dias com a média acima de 1.000 óbitos diários. A média é um instrumento estatístico que busca amenizar variações nos dados, como os que costumam acontecer aos finais de semana e feriados. O dado é calculado pela soma das mortes dos últimos sete dias e pela divisão do resultado por sete.

Foram atualizadas as informações repassadas sobre a vacinação contra a Covid-19 por 27 estados e o Distrito Federal.
Nesta quarta-feira, foram registradas 973.769 doses aplicadas da vacina contra a Covid, 695.475 primeiras doses e 278.294 segundas.

De acordo com as informações disponibilizadas pelas secretarias de Saúde, 37.197.671 pessoas receberam pelo menos uma dose da vacina contra a Covid no país -18.658.972 delas já receberam a segunda dose do imunizante e cerca de um mês após a injeção podem ser consideradas totalmente imunizadas.

Especialistas alertam que cuidados básicos como uso de máscara, distanciamento social e higiene das mãos devem ser mantidos mesmo após a aplicação das duas doses do imunizante, uma vez que nenhuma vacina garante 100% de proteção contra a doença.

Uma retomada mais segura da vida normal deve ser feita apenas quando pelo menos 70% de toda a população estiver imunizada, o que deve proporcionar grande queda na circulação do Sars-CoV-2.

Com os dados vacinais desta quarta, 23,12% da população com mais de 18 anos recebeu a 1ª dose da vacina contra a Covid e 11,60% recebeu a segunda.

Os dados do país, coletados até as 20h, são fruto de colaboração entre Folha de S.Paulo, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são coletadas diariamente com as secretarias de Saúde estaduais.

A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes.
Folhapress
PUBLICIDADE
Continue lendo
Percentuais

UTI Adulto para Covid-19 está 106% ocupada no HU de Londrina; Unidade pediátrica segue com 0% de uso

23 JUN 2021 às 11h47
Saiba mais

Entenda a polêmica do 'apagão' da vacina contra a Covid em SP

23 JUN 2021 às 11h02
Três grupos

Público geral com 50 anos ou mais vacina-se contra Covid nesta quarta-feira, em Rolândia

23 JUN 2021 às 10h40
Entenda

Procuradoria vê indícios de crime e risco temerário em compra da Covaxin pela gestão Bolsonaro

23 JUN 2021 às 09h51
Ginásio esportivo

Cambé ganha novo ponto de vacinação anti Covid para pedestres

23 JUN 2021 às 09h30
Pandemia

Brasil registra 2.080 mortes por Covid em 24 h e ultrapassa 18 milhões de pessoas infectadas

23 JUN 2021 às 08h53
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados