Pesquisar

Canais

Serviços

Léo Passos marcou o gol de honra do Londrina em Bragança Paulista - Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Lucio Flávio

Jogos no Café vão definir futuro do LEC na série B

22 set 2019 às 15:10
Continua depois da publicidade

Diante de todas as dificuldades técnicas e de elenco que o Londrina enfrenta na série B, internamente o clube já traçou a sua meta para a parte final da competição: buscar mais cinco vitórias e evitar qualquer risco de rebaixamento.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A goleada de 4 a 1 sofrida diante do Bragantino foi mais uma atuação ruim do LEC. Como escrevi neste mesmo espaço, perder para o líder fora de casa é um resultado considerado normal para qualquer time desta série B. A diferença do Braga para os demais é colossal.

Continua depois da publicidade


O problema foi a forma como o Alviceleste perdeu. Mais uma vez um time com muitos erros individuais, em todos os setores do campo, e sem nenhuma força ofensiva. O drama do Londrina é que não há um jogador que possa fazer a diferença no jogo e, coletivamente, o time não existe. Já que um "novo" grupo está sendo formado. Não há entrosamento, entendimento e nem mesmo uma maneira de jogar definida.


Diante deste cenário, a briga do Londrina é mesmo para não entrar na ZR. Se compararmos com o ano passado, o LEC tem até um ponto a mais neste momento após a 23ª rodada - 28 agora contra 27. A questão é que em 2018 nesta fase da competição o time já estava em um momento de ascensão, diferente de hoje. E tinha um jogador diferenciado - Dagoberto - e, em 2019, isso não existe.


Daqui para frente o LEC precisa se concentrar nos jogos no estádio do Café. Das 15 rodadas que faltam, oito serão em casa. O Tubarão terá pela frente Sport, Vila Nova, Operário, Figueirense, Oeste, América, Botafogo e Guarani. Dos 24 pontos no Café, precisa somar pelo menos 15.

Continua depois da publicidade


E alguns jogos são chave, porque envolvem confrontos diretos pela parte de baixo da tabela. O Londrina não pode nem pensar em perder pontos para Vila Nova, Figueirense, Oeste e Guarani. E ainda tem três jogos fora que também são decisivos: Vitória, Criciúma e São Bento. O campeonato do LEC é contra estes times.


Após ultrapassar a barreira dos 43, 44 pontos, o que vier pela frente será muito lucro. E a partir daí já é melhor começar a pensar no planejamento de 2020, que precisa ser bem diferente do desta temporada.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade