Pesquisar

Canais

Serviços

- Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Lucio Flávio

Sem a pressão de ter que vencer, LEC pode ousar em Bragança

20 set 2019 às 16:29
Continua depois da publicidade

O Bragantino só perdeu quatro jogos até aqui na série B. Um deles para o Londrina. Mas desde aquele gol de Arthur Caculé, que fez com que o Tubarão terminasse a quarta rodada na liderança, muita coisa mudou.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Enquanto o Braga evoluiu, manteve a regularidade e hoje lidera com folga, o Alviceleste piorou. O time perdeu vários jogadores - vendidos e lesionados -, trocou de treinador e entrou em uma fase de queda vertiginosa. A vitória contra o Coritiba amenizou a pressão, muito mais pelos três pontos do que pelo futebol apresentado.

Continua depois da publicidade


O que pode ajudar o Londrina no sábado é que a responsabilidade é toda do Bragantino. Não que o LEC vai entrar sem compromisso. Mas perder para o líder fora de casa é normal em qualquer circunstância e para qualquer time desta série B.


Sem a pressão de ter que vencer, o Londrina pode ousar, arriscar um pouco mais. Analisando os últimos dois jogos do Bragantino - derrota para o Sport e empate com o Atlético Goianiense -, o time teve dificuldades quando os rivais adiantaram a marcação e pressionaram a saída de bola. Claro que não foi só por isso, Sport e Atlético têm times fortes e mais ajustados que o Londrina atual.


Mas este pode ser um caminho para o LEC. Nenhum time consegue marcar alto o tempo todo, mas é possível pressionar em alguns momentos. Se der campo e bola para o Bragantino será difícil suportar, até porque o time paulista tem muita qualidade.

Continua depois da publicidade


De alguma forma, o Londrina precisa conseguir ter posse de bola para não ficar pressionado no campo de defesa. O pensamento de Tencati em reforçar o meio-campo com a entrada de Bertotto tem fundamento. A ideia é congestionar o setor, onde o Bragantino é muito forte. Resta saber o que o LEC irá fazer quando recuperar a bola.


Terá Paulinho Moccelin como o escape de velocidade e, talvez, seja mais interessante mesmo escalar Léo Passos no lugar de Pirambu. O garoto do Palmeiras dá mais opção de movimentação e mobilidade e joga um pouco mais recuado. Ter Pirambu fixo na área pode significar que ele fique meio fora de jogo.

Vencer em Bragança é uma missão muito difícil, mas um bom jogo coletivo pode ser importante também para que este "novo" Londrina comece a ter uma identidade de time pensando na sequência da competição.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade