Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Dois campeões invictos

02 mai 2011 às 09:07
Continua depois da publicidade

Dois campeões invictos nos estaduais: Coritiba e Flamengo. Deitaram e rolaram, mostrando muita superioridade sobre os demais e acabaram frustrando aqueles que queriam grandes decisões no Paraná e no Rio de Janeiro.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O Mengo, de Vanderlei Luxemburgo venceu os dois turnos e o Ronaldinho Gaúcho nem precisou jogar. Só entrou com a fama. Já o Coritiba foi mais que perfeito e, além do título, bateu o recorde nacional de invencibilidade. Ao vencer o Cianorte, o Coxa completou 23 vitórias seguidas, marca difícil de ser quebrada.

Continua depois da publicidade


Agora o Coritiba pega o Palmeiras, pela Copa do Brasil, e quer manter o ritmo, no desafio que é apontado como o maior teste de competência para os paranaenses. A ordem é aproveitar o emocional ruim dos paulistas, pela desclassificação diante do Corinthians e fazer os bons resultados.


Coisas do regulamento

Continua depois da publicidade


Uma curiosidade na definição dos finalistas em São Paulo. Os piores classificados da primeira fase eliminaram os melhores. O quarto colocado ganhou do primeiro enquanto o terceiro desclassificou o segundo. Fatos permitidos pelo regulamento e que não podem ser contestados. Fica apenas a lamentação dos perdedores que teriam uma história diferente se o certame fosse à base dos pontos corridos.


O Santos extrapolou diante do São Paulo. Mereceu a vitória. Já o jogo do Corinthians foi polêmico, teve lances contestados, foi mais equilibrado e premiou o Timão pela eficiência nos pênaltis. O que "matou" o Palmeiras foi a expulsão do Danilo.


A decisão será alvinegra. O Santos tem mostrado que é melhor, mas está com um olho na Libertadores e outro no Paulistão. Enfrenta cansaços de longas viagens e o desgaste causado pelo maior número de jogos. O Corinthians, nesse aspecto está tranqüilo. Tem o time melhor preparado e mais descansado. Por isso, não dá para apontar um favorito.


Só restou a decisão do Interior


O Campeonato Paranaense acabou sem que o Coritiba desse oportunidade aos demais. O Atlético, que não mereceu melhor sorte, foi o vice-campeão. Operário e Cianorte vão disputar o título do Interior. Já Paraná e Cascavel estão rebaixados.


Dos nossos, da região norte, o Arapongas foi o melhor e poderia ter chegado à disputa do título interiorano se não tivesse enfrentado os problemas causados pelo Estádio dos Pássaros. Teve que sair de casa em alguns jogos e isso complicou sua vida.

Quanto ao rebaixamento do Paraná, o Tapetão pode salva-lo. O Rio Branco teria utilizado um jogador de forma irregular e pode perder pontos. O Curioso é que no primeiro julgamento o Rio Branco não foi punido. Agora pediram um novo julgamento e se o time de Paranaguá for castigado, será mais uma vergonha a ser estabelecida no futebol paranaense. Até parece que a Federação quer salvar o time de Capital.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade