Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

Foi no sufoco

09 jun 2009 às 09:03
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Corinthians e Internacional confirmaram o favoritismo, chegaram à final da Copa do Brasil, mas foi no sufoco. O Timão esbarrou na força e na juventude do Vasco da Gama, foi envolvido na maior parte do jogo e a Fiel sofreu muito antes da comemoração. Já o Inter caiu na real. Não é imbatível como muitos imaginavam e também passou com a água pelo pescoço.

O que se conclui é que Vasco da Gama e Coritiba valorizaram as classificações dos favoritos. Jogaram com muita disposição e andaram perto da classificação. Ambos lamentaram a falta de um golzinho salvador.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Com há um grande espaço de tempo para decidir (17 de junho e 1 de julho), apesar da disputa paralela do Campeonato Brasileiro, são esperados dois grandes jogos. No último deles, como a Copa das Confederações termina no dia 28, André Santos (Corinthians), Nilmar e Kleber (Inter) poderão estar presentes.

Leia mais:

Dois campeões invictos

Façam as apostas

Rogério 100

Do sonho ao pesadelo


O Vasco vai continuar sua vida na Segunda Divisão onde está bem. Já o Coritiba terá que encarar com a maior seriedade possível a seqüência do Brasileiro A, onde precisa reagir e sair da última posição.

Publicidade


Imagem fosca


Foi pálida, sem destaques, a primeira aparição do Londrina no jogo treino contra o Roma de Apucarana. O ponto mais positivo, aparentemente, foi a presença do menino Jaime como um dos atacantes e ele até fez gol.

Publicidade


Se a movimentação não entusiasmou nenhum dos aproximadamente 300 torcedores que estiveram no VGD (e nem poderia ser diferente, por ser o primeiro treino com sentido de competição), para o técnico Gilberto Pereira se confirmou o que ele já imaginava: a necessidade de alguns reforços.


Para o treinador o time ainda precisa de um volante para jogar na frente da zaga, um meia atacante ou de armação e um centroavante. Como o dinheiro continua escasso, Pereira vai tentar algum negócio sem gasto elevado.


Faltando trinta dias para o começo do campeonato, Gilberto Pereira tem que apertar o passo para deixar o time bem entrosado até a estréia, contra a Naviraíense, dia 5 de julho, no VGD.

Como fato curioso, destaco a presença do público que demonstrou estar com saudades do Tubarão. Quem foi ao VGD levou um quilo de alimento e os produtos arrecadados deverão ser utilizados na alimentação dos meninos da base. Mais do que justo.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade