Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Reflexos do Censo

Cidades da região de Londrina sofrem com perda populacional

Lucas Marcondes - Grupo Folha
03 jul 2023 às 08:45
- Arquivo Folha
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Embora o novo Censo informe que a população da Região Metropolitana de Londrina aumentou 8,8% entre 2010 e 2022, ver o número de moradores subir passa longe de ser uma regra entre municípios que fazem parte da RML.


Das 25 cidades que compõe o grupo, 11 perderam moradores ao longo dos últimos 12 anos. Em termos percentuais, as cinco quedas mais expressivas foram em Porecatu (-18,%), Assaí (-15,6%), Tamarana (-12,6%), Rancho Alegre (-11,2%) e Uraí (-9,2%).

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Já nas 14 cidades que receberam mais munícipes, Sabáudia lidera percentualmente na região, com 44,7%. Em seguida, vêm Rolândia (23,8%), Jaguapitã (23,6%), Arapongas (14,3%) e Cambé (10,8%). Hoje, ao todo, a RML concentra 1.088.006 pessoas.

Leia mais:

Imagem de destaque
Porte ilegal

Menina de 9 anos morre com tiro acidental de arma do pai em SP, segundo a polícia

Imagem de destaque
Familia

Mais pais e mães buscam reconhecimento legal de laços com enteados

Imagem de destaque
Três carros

Condutor embriagado causa engavetamento no Norte Pioneiro do Paraná

Imagem de destaque
Bebê de 10 meses ferida

Idosa morre após colisão entre carros na região Norte Central do Paraná


"FALTA CARINHO COM AS PEQUENAS"

Publicidade


Entre os municípios que enfrentam o êxodo populacional, Assaí caiu de 16.354 habitantes em 2010 para 13.797 no levantamento finalizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).


O prefeito Tuti Bomtempo (PSD) reconheceu que houve redução, mas questionou se em montante tão expressivo. “É um efeito muito ruim para nós tanto em matéria de arrecadação como em perspectiva de crescimento.”


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Cidades da região de Londrina sofrem com perda populacional
Porecatu, Assaí e Tamarana estão entre municípios que perderam habitantes; Sabáudia apostou em industrialização e viu número subir
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade