Pesquisar

Canais

Serviços

Micaela Orikasa/Grupo Folha
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Tradição

Em Londrina, também é tempo de Folia de Reis

Micaela Orikasa/Grupo Folha
31 dez 2021 às 16:26
Continua depois da publicidade

"Aceita a bandeira, padrinho/madrinha?”. Em cada convite que o grupo londrinense Mensageiros da Paz faz nos portões das casas, a tradição da Folia de Reis se mantém viva. Ao serem acolhidos pelas famílias, os lares se enchem com o colorido das fitas, as mensagens de fé e a alegria dos versos cantados. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


O festejo marcado pelas músicas alegres em louvor aos Santos Reis e ao nascimento de Cristo tem início no dia de Natal e segue até 06 de janeiro, quando se comemora o Dia de Reis, que na tradição cristã foi o dia em que os três reis magos - Gaspar, Baltazar e Melquior - levaram presentes a Jesus Cristo. 

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


A bandeira é confeccionada em tecido de boa qualidade, bordada ou pintada à mão com as figuras do presépio. "Ela representa a estrela que guiou os magos e o colorido das fitas que colocamos nos instrumentos é para ostentar o status de reis. Quando visitamos as casas, saudamos as famílias e cantamos para pedir bênçãos dos santos reis. Também pedimos uma oferta de acordo com cada gosto, seja em dinheiro ou mantimentos”, explica Francisco Garboni, de 83 anos. 


Cada cor de fita tem um significado. O verde, vermelho e amarelo lembram a trilogia dos Reis e os presentes ofertados. O branco, rosa e azul lembram a trilogia da Sagrada Família, sendo o rosa, a cor de São José, símbolo do amor e paciência; azul é a cor do céu e da Virgem Maria e o branco é a cor do Menino Jesus, símbolo da paz. 


Leia mais na Folha de Londrina.

Continue lendo