26/01/21
PUBLICIDADE
Máximas 5,7º mais altas

2020 teve o mês de setembro mais quente registrado pelo Iapar em Londrina

Sergio Ranalli/Grupo Folha
Sergio Ranalli/Grupo Folha


O mês de setembro encerrou nesta quarta-feira (30) mais quente e mais seco do que todos os registros do Iapar (Instituto Agronômico do Paraná) para a região de Londrina. Segundo Heverly Morais, agrometeorologista do instituto, o nono mês de 2020 terminou com a média de temperaturas máximas 5,7ºC acima do esperado.


Os dados são processados pelo Iapar através das médias históricas: calculam-se as temperaturas mínimas, máximas e médias de cada um dos dias, chegando-se ao parâmetro de quanto costuma chover, esfriar ou esquentar em mês do ano. A cidade de Londrina é acompanhada desde 1976.

Previsão do tempo: Depois de bater recorde de temperatura, calor deve aumentar nesta quinta

A média histórica de temperaturas máximas registradas para o mês de setembro é de 26,9ºC. Contudo, neste ano, chegou a 32,6ºC, quase seis graus mais quente.

Em relação aos outros parâmetros de medição das temperaturas, o resultado não foi diferente. Os dados históricos do Iapar apontam que as mínimas aguardadas para setembro eram de 14,7 ºC. Em 2020, essa valor foi de 16,8ºC - mais de dois graus mais quente.

Heverly Morais/Iapar
Heverly Morais/<a href='/tags/iapar/' rel='noreferrer' target='_blank'>Iapar</a>


A média geral de temperaturas registrada no Iapar é de 20ºC, mas, em 2020, esse valor chegou a 24ºC.

As medições também apontam que choveu cerca de 10% do esperado: enquanto se aguardava 115mm de chuva, em setembro deste ano choveu apenas 12mm em Londrina. Segundo Morais, 2020 tem registrado no geral níveis de chuva abaixo do esperado - um dos fatores que contribui para o aumento das temperaturas.

Veja também: Chuvas em Londrina estão abaixo da média desde 2018

A agrometeorologista também explica que "estamos sob influência do fenômeno La Niña, que influencia o aumento das temperaturas e torna as chuvas mais irregulares". Contudo, a especialista alerta que esse fenômeno passou a fazer efeito sobre a região do norte do Paraná apenas a partir de agosto deste ano.

Como noticiado pelo Bonde, não há previsão de chuvas para Londrina antes do dia 10 de outubro. A região está sob influência de uma massa de ar quente e seca que aumentou de proporção nos últimos dias, fazendo com que o norte do Paraná fique sob uma "bolha" de calor.

*Sob supervisão de Larissa Ayumi Sato.
Isabella Alonso Panho - estagiária*
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Confira!

Inscrições para concurso da PRF estão abertas; Salário é de R$ 10 mil

26 JAN 2021 às 12h00
Aponta IBGE

Prévia da inflação indica alta de 0,78% em janeiro

26 JAN 2021 às 11h39
E sugeriu PEC

Guedes cogita retorno do auxílio emergencial caso governo falhe na vacinação

26 JAN 2021 às 11h26
Em diferentes funções

Secretaria do Trabalho oferece 689 vagas de emprego em Londrina

26 JAN 2021 às 10h21
Sanepar avisa

Obras afetam distribuição de água no centro de Londrina

26 JAN 2021 às 10h06
Saiba mais!

Agência do Trabalhador de Arapongas oferta 151 vagas de emprego

26 JAN 2021 às 09h50
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados