18/11/19
º/º
Indisciplina

Aluno agride professor em escola de Londrina

"A situação está cada dia pior",. Este foi o lamento de Helena Vargas, coordenadora geral da Escola Oficina Pestalozzi, no Jardim Franciscato, zona sul de Londrina, que na tarde desta quinta-feira (25) precisou acionar a Polícia Militar durante uma ocorrência de agressão de um aluno contra um professor.

Policiais foram dar apoio a situação, que envolveu um aluno de apenas dez anos de idade, com imenso histórico de indisciplina. Nesta ocasião, o garoto chutou as pernas do professor em sala de aula. "Está cada dia mais difícil lidar com crianças e adolescentes rebeldes. No caso deste menino, não sabemos mais o que fazer. Ele agride sem piedade, com palavrões, ofensas, e até chutes", desabafou a coordenadora à reportagem do Bonde.



Helena contou que na semana passada, uma adolescente de 14 anos tirou à força o telefone das mãos da coordenadora pedagógica enquanto ela acionava a Patrulha Escolar. "Ela 'endoidou' quando a professora pediu para que mudasse de lugar devido a bagunça. É uma adolescente indisciplinada e que até hoje (faz uma semana) não retornou à escola, já que ela precisa vir acompanhada dos pais devido à ocorrência. Não bastasse, os responsáveis ignoram o problema", explicou.

Na situação desta tarde, a PM foi acionada na tentativa de amenizar a situação de indisciplina e agressividade do garoto, que não respeita mais ninguém, nem mesmo patrulheiros escolares.

A Escola Oficina Pestalozzi tem ligação com a Secretaria Municipal de Assistência Social, é uma entidade filantrópica e oferece ofinas lúdicas, de artes, esportiva e cultural a crianças e adolescentes do bairro.

"Infelizmente a lei não dá o suporte necessário aos gestores de Educação, o que resulta em indisciplina, desrespeito, imoralidade e marginalidade", finalizou a coordenadora.
Simone Albieri - Redação Bonde
comentários
Continue lendo
Nesta madrugada

Quatro jovens ficam feridos em capotamento em Londrina

Veja mais e a capa do canal