02/03/21
PUBLICIDADE
Coronavírus

'Até mais da metade do caminho para vacinação já está trilhado', afirma Belinati

Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook


O prefeito Marcelo Belinati anunciou em transmissão ao vivo na noite desta terça-feira (5) em sua página no Facebook que recebeu o contrato do Instituto Butantan para que a prefeitura de Londrina ofereça a vacina contra a Covid-19 à população. "No dia de hoje [terça] eu recebi o contrato, estou assinando ele, vou enviar para o Butantan e eles vão assinar e enviar de volta para nós", afirmou. De acordo com o prefeito, a ida a São Paulo para pegar todas as informações necessárias para a vacinação em Londrina está marcada para a próxima semana.


"Nós sabemos que a equipe do governo federal está empenhada em conseguir as vacinas para imunizar a população, mas, em caso do não fornecimento das vacinas ou em caso de atraso, a prefeitura de Londrina estará oferecendo para a população", explicou. "Independente de onde venha a vacina, ela só será utilizada se os órgãos de saúde do governo federal, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e o Ministério de Saúde atestarem que é segura para a vida da pessoa e se tem efeito prático em proteger da doença."

Para Belinati, é possível afirmar que "até mais da metade do caminho para a vacinação já está trilhado". Todos os detalhes sobre a vacinação em Londrina serão definidos na viagem a São Paulo na próxima semana e divulgados em seguida à população. "O que vai prevenir de pegarmos a doença, é a vacina. Enquanto isso, vamos continuar nos cuidando, lavando bem as mãos, usando o álcool em gel e usando a máscara", pontuou.

Sobre um possível lockdown, o prefeito adianta que não existe indicação neste momento. "Ainda existe a capacidade de ampliar os leitos de UTI caso necessário, portanto, não existe essa indicação." Durante a live, Belinati esclareceu que "a cada 100 pessoas que pegam covid em Londrina, quase duas pessoas vão precisar de uma vaga na UTI, ou seja, quase 2% precisam de UTI". A taxa de ocupação de leitos UTI Covid em Londrina é de 36,26% com pacientes da cidade; 32,97%, com pacientes de fora de Londrina e 30,77% estão livres, conforme apresentado pelo prefeito.

Além do anúncio sobre a assinatura do contrato com o Butantan, o prefeito fez um apelo à população em relação aos atendimentos na UPA Sabará. De acordo com ele, a UPA está com um número muito grande de atendimento. "Eu queria lembrar que temos seis postos de saúde atendem casos de covid e, muitas vezes, os postos estão ficando vazios e a UPA muito cheia. E tudo que tem na UPA também tem nos postos.

Veja quais são os postos indicados pelo prefeito:
Região sul - Posto do Ouro Branco
Região leste - Posto da Vila Ricardo
Região norte - Maria Cecília e do Chefe Newton
Região oeste - Posto do Jardim Bandeirantes

Região central - Posto do Jardim Guanabara
Fernanda Circhia - Grupo Folha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Região de Curitiba

Cassino clandestino com aglomeração é flagrado pela Polícia Civil

01 MAR 2021 às 20h56
91 mm em Londrina

Com menos chuva no mês de fevereiro, Paraná reitera pedido para economia de água

01 MAR 2021 às 20h04
Diz estudo

Mudanças voluntárias de emprego e busca por capacitação podem ser maiores em 2021

01 MAR 2021 às 19h51
Quebra de decoro parlamentar

Jornalista pede cassação de mandato de Mara Boca Aberta após projeto que privilegia seu marido

01 MAR 2021 às 17h04
Restrições

Confira o que abre e fecha com o novo decreto em Maringá

01 MAR 2021 às 16h59
Supermercado tá caro?

Cesta básica cai 7% em fevereiro, mas alta em 1 ano é de 14%

01 MAR 2021 às 16h14
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados