Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
UEL

Candidatos aprovam vestibular em Ibiporã e Cambé

Redação - Bonde
11 jan 2004 às 22:18
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Ficou mais prático e fácil, mas falta badalação. Essa foi a opinião de alguns candidatos que participaram do primeiro Vestibular da Universidade Estadual de Londrina (UEL) com provas nas cidades de Cambé e Ibiporã.

Os estudantes aprovaram a idéia, pela praticidade proporcionada aos moradores de Cornélio Procópio, Rolândia e Apucarana. Para quem fez as provas nas cidades vizinhas, só o que faltou foram as festas, típicas na semana de vestibular em Londrina.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O comércio, no entanto, não teve do que reclamar: a expectativa de faturar em dobro fez os empresários ampliar o horário de atendimento de bares e atraiu ambulantes atrás de renda extra.

Leia mais:

Imagem de destaque
Temperatura sobe no sábado (18)

Previsão: final de semana será de tempo instável e chuvas em Londrina

Imagem de destaque
Ingressos esgotados

Djavan faz show em Londrina nesta sexta-feira para encerramento da turnê ‘D’

Imagem de destaque
Licitação no fim deste ano

Viaduto de Lerroville vai ser construído na última fase da duplicação da PR-445

Imagem de destaque
Claudinei Oliveira

"Acredito muito que vamos ter sucesso", afirma novo técnico do Londrina EC


Ibiporã recebeu 1.130 candidatos, segundo a coordenadora de centro do vestibular, Cláudia Pires. O número parece pequeno perto do recorde de quase 37 mil inscritos fazendo provas em 42 locais este ano, mas foi o suficiente para que o dono de uma lanchonete em frente à escola estadual Unidade Pólo, um dos dois locais de prova da cidade, abrisse excepcionalmente seu estabelecimento após o meio-dia de ontem. ''O faturamento deve dobrar em comparação com dias normais. Poderia ser assim todo ano'', sugeriu Jeferson Martins Góis, dono do bar.

>> Leia reportagem completa na Folha de Londrina desta segunda-feira


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade