Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Investigação

Caso UPA Sol: MP abre procedimento para apurar morte de jovem em Londrina

Pedro Marconi - Grupo Folha
27 out 2023 às 15:24
- Gustavo Carneiro/Grupo Folha
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A promotoria de Saúde Pública do MP-PR (Ministério Público do Paraná) em Londrina abriu um procedimento para apurar as circunstâncias da morte de Nycolas Ronald Dias, 22, na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim do Sol, na zona oeste, que aconteceu na última segunda-feira (23). A FOLHA mostrou que a irmã do rapaz foi a instituição nesta semana, onde protocolou uma denúncia. Na avaliação de Thaís Karina da Silva, houve negligência dos servidores da unidade.


De acordo com a promotora Susana de Lacerda, foram solicitadas as informações que o Ministério Público entende como pertinentes para averiguar o episódio. “Nesse caso o prontuário para análise é fundamental, não apenas da UPA, mas também do atendimento dele que temos notícia que houve em outro hospital. A partir desses documentos que estarão em posse do MP outras diligências serão adotadas, com a necessidade ou não de perícia médica. Por hora, o Ministério Público precisa angariar os documentos”, explicou.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O CRM-PR (Conselho Regional de Medicina no Paraná) instaurou uma sindicância para avaliar “eventual indício de infração médica por parte de profissionais da unidade”. A Polícia Civil informou, nesta sexta-feira (27), que estabeleceu um inquérito para investigar o óbito. “Diligências estão sendo realizadas a fim de esclarecer os fatos. Testemunhas e familiares estão sendo ouvidos. A Polícia Civil aguarda laudos complementares que darão auxilio no andamento das investigações”, destacou a corporação, por meio de nota enviada à reportagem.

Leia mais:

Imagem de destaque
Até esta sexta

Prefeitura promove atividade integrada para auxiliar pessoas em situação de rua em Londrina

Imagem de destaque
Pacientes de até 12 anos

Unimed Londrina inaugura nova unidade de atendimento pediátrico 24 horas

Imagem de destaque
Shows e comidas típicas

Festa rural no distrito de São Luiz em Londrina deve receber milhares de pessoas neste final de semana

Imagem de destaque
Antiga Casa da Mulher

Imóvel abandonado será transformado em creche na zona leste de Londrina


O rapaz morreu dentro da UPA do Sol cerca de seis horas após dar entrada. Segundo familiares, ele passou mal no domingo (22), tossindo sangue, e procurou a unidade pela primeira vez. Teria sido diagnosticado com ansiedade, recebeu medicamento e foi liberado. O estado de saúde piorou no dia seguinte e ele retornou.


“Fizeram um raio-x, disseram que não tinha nada e liberaram. Mas quando estava saindo a médica o chamou de volta e falou que tinha água no pulmão. Fizeram pedido de ambulância, porém, com a demora ele foi agonizando. Quando voltou colocaram no soro com medicamento forte para dormir, ele acordou convulsionando e pedindo oxigênio. Colocaram (oxigênio) depois que já estava se batendo, no entanto, ele morreu”, relatou Thaís Silva na quinta-feira (26).


LEIA MAIS NA FOLHA DE LONDRINA.


Imagem
MP abre procedimento para apurar morte de jovem na UPA Sol
Polícia Civil instaurou inquérito e está ouvindo testemunhas; secretaria de Saúde afirma que óbito não aconteceu por falta de assistência
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade