Pesquisar

Canais

Serviços

Fabio Alcover/Arquivo FOLHA
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Falta autorização da Marinha

Equipamentos para pedalinho no Igapó chegam semana que vem em Londrina

Pedro Marconi - Grupo Folha
08 dez 2021 às 18:04
Continua depois da publicidade

Os aparelhos e demais materiais que serão utilizados para ofertar pedalinho, stand up paddle e caiaques no lago Igapó dois, na zona sul de Londrina, deverão chegar na cidade até a próxima quarta-feira (15), de acordo com previsão da empresa responsável e que venceu a licitação para explorar os serviços. Entretanto, os equipamentos não poderão ser utilizados de forma imediata. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


A empresa está entrando com o pedido de autorização na Marinha do Brasil para poder navegar nas águas do Igapó. “Entramos com todo o processo dentro da prefeitura, com os projetos. Fizemos alteração por conta de uma linha de esgoto ao lado do Igapó, decidimos o espaço. Mas para poder atuar precisamos da licença da Marinha. Não costuma demorar”, destacou à FOLHA Odair Gilmar Beninca, proprietário da Encantos Novos Turismo, de Santa Catarina.  

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


A única estrutura que não deverá ser entregue na cidade nos próximos dias é o container equipado com banheiros, lanchonete, almoxarifado e bilheteria. “Estamos construindo e deverá ficar pronto em janeiro”, projetou. No Paraná, a empresa já opera pedalinhos no Parque do Ingá, em Maringá (Noroeste). Em Londrina a infraestrutura ficará próxima à academia ao ar livre, na esquina da avenida Higienópolis com rua Bento Munhoz da Rocha Neto. 


Apesar das questões burocráticas, existe uma expectativa do município de colocar os aparelhos em funcionamento ainda este ano. “Vamos pedir urgência (para a Marinha) para que, se estiver tudo dentro da legalidade, ser liberado. Vamos lutar para que seja esTe ano ainda (o funcionamento) ou o mais tardar o começo de 2022”, pontuou Bruno Ubiratan, presidente da Codel (Instituto de Desenvolvimento de Londrina), em entrevista coletiva nesta semana. 


CONTINUE LENDO: Quando a licitação foi lançada, em outubro, a expectativa da prefeitura era inaugurar as atividades junto com a programação cultural e decoração de Natal. 

Continue lendo