Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Pró-Dilma

Estudantes da UEL são agredidos em protesto contra governo em Londrina

Nelson Bortolin - Grupo Folha
16 ago 2015 às 16:43
Continua depois da publicidade

Dois estudantes da Universidade Estadual de Londrina (UEL) foram agredidos durante o protesto realizado no centro de Londrina na tarde deste domingo (16).

Continua depois da publicidade

O casal de estudantes de filosofia da UEL Fernando Andrade Ferreira, 20 anos, e Vivian Verdai Pereira, 20, foi agredido na Avenida Higienópolis, na altura da Rua Goiás, quando a passeata contra o governo federal chegava ao local.

Continua depois da publicidade


Eles estavam com uma faixa contrária ao impeachment da presidente Dilma Rousseff e levaram empurrões e chute. Os manifestantes também jogaram garrafas plásticas de água sobre o casal. A reportagem da FOLHA foi ameaçada por um dos participantes do ato porque gravava a agressão pelo celular.


Continua depois da publicidade


Graças aos policiais militares que cercaram os jovens, eles puderam sair do tumulto sem maiores consequências.

"Eu tenho opinião política bem diferente (dos manifestantes). Vim manifestar minha opinião contra o golpe e a favor da democracia. Nem o Brasil, nem a América Latina têm espaço para nenhuma aventura antidemocrática", afirmou Ferreira. O soldado Pires, que acompanhou o tumulto, confirmou que a manifestação dos estudantes foi pacífica.


Continue lendo