Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Neste sábado (20)

Fundo de Quintal retorna a Londrina e se apresenta no Samba da Madrugada

Ana Carla Dias - Especial para a Folha
17 abr 2024 às 12:30
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Assistir a um show de roda de samba é mais do que uma simples experiência musical, faz parte da cultura e da emoção que envolve todos os sentidos, um ritmo que diz muito sobre a raiz do Brasil. 


E é com esse sentimento que a próxima edição do Samba da Madrugada traz o grupo Fundo de Quintal para se apresentar em Maringá e em Londrina, nos dias 19 e 20 de abril.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Em uma de suas edições anteriores, que ocorreu no mesmo mês em 2022, essa energia tão forte tomou conta da APUEL, era o mesmo grupo que se apresentava em Londrina, em uma das noites mais históricas e com recorde de público do evento.

Leia mais:

Imagem de destaque
Quarta-feira

Julgamento em Londrina que pode cassar Mara Boca Aberta será dia 29

Imagem de destaque
Zona Sul

Homem morre e outros três ficam feridos em queda de estrutura de barracão em Londrina

Imagem de destaque
Duas vagas

UEL abre nesta sexta inscrições para concurso público de agente universitário

Imagem de destaque
Zona norte

Obra na rua Tanganica, em Londrina, interfere no trânsito e na rotina de moradores


O som dos instrumentos, o ritmo pulsante dos pandeiros e tamborins, além das vozes dos lendários cantores criaram uma atmosfera única, de muita alegria e amor ao ritmo mais clássico e que leva a cara do país para o mundo todo: 

Publicidade


“Eu nunca vi tantos sorrisos reunidos em Londrina, foi um evento que ficou marcado na história, tínhamos mais de 2.500 pessoas cantando e se entregando no mais puro suco do samba”, lembra o produtor do evento Michael Soares, 34.


As edições do Samba da Madrugada são sempre regadas por momentos de pura alegria, quando todos se juntam para cantar e dançar ao som das músicas animadas, além dos clássicos do Fundo de Quintal que possuem letras que já foram enredo para diversas histórias de vida, sambas que inspiram e são exemplo para artistas da nova geração. 

Publicidade


Hoje, o grupo que já teve em sua formação diversas personalidades do samba, como, Almir Guineto, Jorge Aragão, Neocy, Sombrinha, Valter Silva, Arlindo Cruz, Cleber Augusto, Mário Sérgio, Ronaldinho, Flavinho Silva, Délcio Luiz, Milsinho, Ubirany, é constituído por Bira Presidente, Sereno, Ademir Batera, Júnior Itaguay e Márcio Alexandre que é o integrante mais recente. 


Ele chegou para ficar responsável em tocar o repique de mão, instrumento de percussão criado por Ubirany Félix do Nascimento, cantor, compositor e ritmista carioca que fundou o grupo ao lado de Bira Presidente e Sereno.

Publicidade


Para Márcio Alexandre, 42, será a primeira vez na cidade de Londrina, a empolgação toma conta para conhecer o evento: 


“Estou ansioso, indo para Londrina e Maringá pela primeira vez, fico muito feliz em participar do Samba da Madrugada. Vamos manter esse trabalho maravilhoso”, diz o artista que está dentro de um dos mais importantes grupos musicais do país.


“Para nós é uma importância muito grande! Vejo o Fundo de Quintal que para mim é o maior grupo da história, é referência mundial”, completa Márcio.


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Fundo de Quintal retorna ao Samba da Madrugada
Nos dias 19 e 20 de abril, um dos mais clássicos grupos de samba realiza dois shows no Paraná, em Maringá e Londrina
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade