Pesquisar

Canais

Serviços

- Bruno Amaral/ Defesa Social
'Uso proporcional de força'

Guardas são retirados das ruas após denúncia de suposto abuso de autoridade; secretário cita 'carteirada'

Rafael Machado/ Grupo Folha
15 set 2021 às 15:57
Continua depois da publicidade

A Secretaria de Defesa Social teve que retirar 11 guardas municipais do patrulhamento de rua e colocá-los em postos fixos depois de uma decisão judicial. O juiz da 3ª Vara Criminal, Juliano Nanuncio, ordenou que os agentes não se aproximem em até 500 metros de algumas pessoas abordadas durante uma ocorrência de perturbação de sossego. O caso aconteceu em julho na Rua Jacarezinho, no conjunto São Lourenço, zona sul de Londrina. Elas protocolaram uma denúncia no Ministério Público e sustentaram que os GMs tinham sido truculentos.

Continua depois da publicidade


Em entrevista coletiva, o secretário responsável pela pasta, Pedro Ramos, a Guarda Municipal foi chamada porque havia muita gente aglomerada na rua e algumas festas estariam acontecendo em casas do bairro. "Quando as viaturas chegaram, uma pessoa se apresentou como auxiliar de uma representante do Ministério Público e deu a chamada 'carteirada'. Disse que os guardas estavam incomodando os participantes da festa e que nada de errado estava ocorrendo. Isso aflorou o nervosismo de outros parentes e houve um bate-boca", disse.

Continua depois da publicidade


Leia mais na Folha de Londrina.

  

Continua depois da publicidade

Continue lendo