Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
0 a 14 anos

Londrina abre 12 unidades básicas de saúde no 'Dia D' de vacinação

Lucas Marcondes - Grupo Folha de Londrina
21 out 2023 às 17:27
- Lucas Marcondes/Grupo Folha de Londrina
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Londrina abriu 12 unidades básicas de saúde em todas as regiões da cidade para, das 10h às 16h deste sábado (21), colocar em dia as vacinas de crianças e adolescentes de 0 a 14 anos. A mobilização é o chamado “Dia D”. Ela faz parte de uma ação nacional de multivacinação para combater os baixos índices de imunização que passaram a ser registrados no Brasil durante os últimos anos.


A campanha local teve lançamento na Unidade Básica de Saúde do Jardim Santiago, na região oeste. O secretário de Saúde de Londrina, Felippe Machado, esteve na UBS e comentou que a circulação de desinformação sobre o tema continua prejudicando a cobertura vacinal – abrindo brecha para o reaparecimento de doenças antes erradicadas, como a poliomielite (também chamada de paralisia infantil).

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


“As redes sociais usadas de forma equivocada acabam prejudicando em vários sentidos, e a vacinação é um exemplo muito vivo disso: pessoas sem o menor embasamento científico acabam externando opiniões, e essas opiniões reverberam de maneira irresponsável.”

Leia mais:

Imagem de destaque
Oportunidade

Prefeitura de Londrina divulga bolsas de estudo integrais para cursos de Engenharia em Londres

Imagem de destaque
Dias 2 e 9 de março

Bazar em shopping de Londrina arrecada recursos para despesas com cães de terapia

Imagem de destaque
Constrangia a vítima

Bombeiro de Maringá é denunciado pelo Ministério Público por assédio sexual a oficial subordinada

Imagem de destaque
História

Farmácias São João dizem concordar com a preservação da chaminé da década de 1930 em Londrina


“Temos que nos reinventar no dia a dia para tentar levar informação de qualidade a essas pessoas, mostrar a segurança da vacina. Todas as estratégias nós estamos tentando”, garantiu Machado.

Publicidade


Presente no Dia D em Londrina, o diretor-geral da Secretaria da Saúde do Paraná, César Neves, afirmou que os governos têm “obrigação” de recuperar o hábito da vacinação, já que, segundo ele, a meta vacinal de imunizar de 90% a 95% dos públicos-alvo começou a cair de forma “perigosa” no estado a partir de 2016.


“Ainda temos indicadores que nos preocupam principalmente nas vacinas para rotavírus, para hepatite A, hepatite B e também um alerta para o HPV dos meninos, que estamos em uma meta vacinal muito baixa”, detalhou o representante da Sesa.


PARANÁ TEM MORTALIDADE INFANTIL EM ALTA; SESA DIZ REVER ESTRATÉGIAS. CONTINUE LENDO NA FOLHA DE LONDRINA:

Imagem
Multivacinação envolveu 12 UBS abertas em todas as regiões de Londrina
Iniciativa é para crianças e adolescentes de 0 a 14 anos; Saúde alerta que desinformação sobre vacinas segue reduzindo taxas de imunização
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade