Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Gratuitas

Londrina abre vagas para oficinas de culinária caribenha e maquiagem para pele negra

Redação Bonde
25 jul 2023 às 19:41
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres vai promover duas atividades com participação gratuita nesta semana em Londrina. As mulheres poderão participar das oficinas de Culinária Caribenha, nesta quinta-feira (27), e da Maquiagem para Pele Negra, na sexta-feira (28). 


As oficinas serão no Centro de Oficinas para Mulheres, que fica na rua Valparaíso, 186, ao lado da avenida Higienópolis, no Jardim Guanabara. Podem participar mulheres acima de 18 anos. As vagas são limitadas. As interessadas podem se inscrever pelo WhatsApp: (43) 99945-0056. 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


CULINÁRIA CARIBENHA

Leia mais:

Imagem de destaque
Fase de teste

Radares são instalados para teste na trincheira da avenida Leste-Oeste

Imagem de destaque
Tráfico de entorpecentes

Integrantes de organização criminosa de Londrina são condenados à prisão pela Justiça

Imagem de destaque
Feira Gastronômica

Alisson Lima é atração desta terça-feira na Concha Acústica em Londrina

Imagem de destaque
Prepare o bolso

Substituição de cerca de 2.200 hidrômetros por mês em Londrina, Cambé e Tamarana pode deixar conta de água mais cara


Alunas estrangeiras que vivem em Londrina e frequentam os cursos ofertados no Centro de Oficinas para Mulheres vão ensinar a preparar comidas típicas de seus países. O curso começa às 14h, nesta quinta. 

Publicidade


As venezuelanas Oraimarus Torres e Yessenia Ismenia Torres vão ensinar a fazer empanadas, massa à base de farinha de milho, fritas e recheadas. Já Maribel Pietro Sevilla, de Cuba, vai ensinar a fazer o Patacón cubano, discos ou chips de bananas verdes fritas, que são aperitivos ou acompnhamentos para degustar com diferentes recheios e molhos deliciosos. São 15 vagas para a oficina de culinária. 


As aulas serão ministradas na cozinha do Centro de Oficinas para Mulheres. De acordo com a gerente do COM, Carina Souza, todos os alimentos e materiais serão fornecidos pela própria sede. Carina afirma que a atividade coloca em perspectiva as mulheres de outros países que estão em Londrina e terão a oportunidade de compartilhar sobre suas origens por meio da gastronomia. 

Publicidade


"É muito legal para elas, que são alunas dos cursos da nossa cada neste segmento, dividirem suas experiências de vida e também da culinária de suas terras. Todas elas aceitaram muito bem o convite para serem voluntárias e mostrarem as delícias de pratos que as representam. As empanadas e as patacones são muito conhecidas e tradicionais em diversos países, tendo diferentes formas de preparo, e as participantes conhecerão e poderão fazer na prática as versões venezuelana e cubana", valoriza. 


Para a psicóloga e diretora de Empreendedorismo e Ações Educativas, Lisneia Rampazzo, a ação promove um intercâmbio cultural muito positivo e produtivo, benéfico a todas as mulheres. "Estamos felizes em poder oferecer uma atividade tão diferente e interessante. É importante ressaltar que, acima da parte gastronômica, que é apenas o pano de fundo, o mais legal é que as mulheres de outros países irão conversar e mostrar sua condição enquanto mulher de outras nacionalidades, podendo dialogar com as londrinenses a respeito de suas culturas, origens e realidades", reforça.

Publicidade


MAQUIAGEM PARA PELE NEGRA


Com 30 vagas disponíveis, a oficina de Maquiagem para Pele Negra atende uma necessidade apontada pelas frequentadoras das oficinas no COM. A ideia é trazer opções de produtos e formas de maquiar que se encaixem aos tons de pele negra devido à dificuldade que as mulheres têm para encontrar bases, pós e corretivos nos tons corretos para elas. Quem vai dar o curso será a maquiadora Letícia Cesário. 


Carina Souza afirma que a COM já oferta cursos de maquiagem, mas agora ensinará as participantes a preparar a pele e a utilizar itens que combinam mais com elas, quando a aplicação for para pele negra. "O mercado não oferece tantas opções de maquiagem para pele negra. E muitas vezes as meninas precisam misturar um produto de base mais clara e outro mais escura para alcançar um tom equilibrado, e nem sempre o resultado é satisfatório para elas. Por falta de variedade de cores no comércio, havia essa necessidade de ofertarmos um curso especificamente com este perfil. Isso vai trazer uma preparação que deixe a pele mais natural, bem-feita, com finalização adequada e sem torná-la pesada", ressalta. 


(Com informações do N.Com)

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade