Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Nesta quarta

Londrina: criança de seis anos morre em incêndio no União da Vitória

Pedro Marconi - Grupo Folha de Londrina
22 nov 2023 às 17:47
- Pedro Marconi/Grupo Folha de Londrina
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Um garoto de apenas seis anos morreu num incêndio à residência na tarde desta quarta-feira (22) na rua dos Pastores, no Jardim União da Vitória, na zona sul de Londrina. A criança estava em um cômodo nos fundos do imóvel. Segundo o Corpo de Bombeiros, o menino estaria sozinho no momento do incêndio e a mãe numa vizinha próxima.


Havia materiais inflamáveis neste espaço e o corpo foi encontrado carbonizado. A causa do óbito será apontada pela Criminalística. “O fogo estava enclausurado neste cômodo na parte de trás, inclusive, com todos os materiais dentro entrando em combustão. Fizemos o combate para evitar com que o fogo atingisse outras residências do entorno”, detalhou o tenente Geovanne Marcola. “Pela forma que o corpo estava a criança tentou se proteger de alguma forma.”

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A família - casal e dois filhos, sendo o que sobreviveu mais novo - morava no lugar de aluguel há cerca de um ano. O dono da casa, que vive ao lado, ainda tentou ajudar junto com outros vizinhos. “Ouvi os estalos, como se fosse pneu queimando e a fumaça. Chamamos, mas ninguém apareceu, abri o portão, estourei a porta e junto com outros vizinhos tentamos apagar o fogo, que estava alto. Nós gritávamos perguntando se tinha alguém lá, mas só depois que vimos a criança sem vida, infelizmente”, relatou o aposentado Sebastião Gonçalves.

Leia mais:

Imagem de destaque
MORADORES PREOCUPADOS

Lixo e mato alto tomam conta das ruas na Vila Brasil em Londrina

Imagem de destaque
Zona leste

Começa a primeira etapa das obras de reforma do Tiro de Guerra de Londrina

Imagem de destaque
Cambé receberá 2,6 mil doses

Paraná recebe primeiro lote de vacinas contra a dengue; Londrina é prioridade

Imagem de destaque
Quase 75% do total

Londrina supera R$ 380 milhões em negociações do IPTU 2024


A mãe, que está grávida, foi levada à delegacia para prestar depoimento. O garoto estudava na escola municipal Zumbi dos Palmares, localizada no bairro. O que teria provocado as chamas será investigado pela Polícia Civil. “Muito triste, nunca vi uma cena dessa”, emocionou-se Gonçalves. “Todos os bombeiros são seres humanos, pais e mães e nossos profissionais se solidarizam com os pais e somos impactados de alguma maneira”, lamentou o tenente Marcola.


O menino não tinha diagnosticado fechado para nenhuma doença ou transtorno, no entanto, na escola era acompanhado por uma professora de apoio por apresentar comportamentos considerados hiperativos.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade