Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Recurso público

Londrina discute orçamento de R$ 1,2 bilhão em audiência

Redação Bonde com N.Com
29 out 2012 às 18:14
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Prefeitura de Londrina promove uma audiência pública a partir das 19h desta segunda-feira (29), na Câmara Municipal, que vai apresentar e discutir o Projeto da Lei Orçamentária para o exercício financeiro de 2013.

Na Audiência serão apresentados dados dos investimentos para o próximo ano, a previsão de receita e aplicação dos recursos do Poder Legislativo e Executivo. O Projeto de Lei Orçamentária permite que a sociedade acompanhe o fluxo de recursos, que é a previsão de receitas e fixação de despesas do Poder Legislativo e Executivo. Conforme o disposto no artigo 29 da Lei Municipal nº 11.671, de 23/07/2012 – LDO. A proposta orçamentária foi elaborada a preços de maio de 2012.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


De acordo com o secretário municipal de Fazenda e Planejamento, João Carlos Barbosa Perez é muito importante que a população participe. "O objetivo da audiência é disseminar informações com relação ao orçamento envolvendo as secretarias, entidades de classe e o cidadão comum. A participação desses agentes é de fundamental importância para o planejamento e também para acompanhamento da aplicação dos recursos do orçamento para o próximo ano," destacou.

Leia mais:

Imagem de destaque
Nesta sexta

Londrina terá ação educativa com crianças para combater a violência contra animais

Imagem de destaque
20 atendimentos por dia

Clínica de Fisioterapia busca pacientes com lesões neurológicas e gestantes para atendimento gratuito em Londrina

Imagem de destaque
No CT da SM Sports

Londrina EC faz jogo-treino contra o Cascavel em outro teste para a Série C

Imagem de destaque
Almoço bom e barato

Veja o cardápio do Restaurante Popular de Londrina para esta quarta-feira


O orçamento fiscal do poder legislativo para 2013 é de R$ 27 milhões, o que equivale a um crescimento de 17,39%, se comparado a 2012. Já a administração direta do poder executivo apresentou números de R$ 611 milhões e a administração indireta de R$ 567 milhões. São órgãos da administração indireta: Acesf, Fundo Municipal de Saúde, Caapsml, Ippul, Codel, FEL e Fundo de Urbanização.


Para 2013, a despesa total do município, incluindo poder legislativo e executivo, está estimada R$1,206 bilhão. Somando o orçamento de investimentos das empresas públicas, o orçamento geral do município atinge o montante de R$1,273 bilhão. Em contrapartida, entre as principais fontes de receita própria do tesouro municipal está o Imposto Sobre Serviço (ISS) com uma previsão de arrecadação de R$ 136 milhões, seguido pelo Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), R$119 milhões e o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) equivalente a R$ 50 milhões.

A Audiência Pública é uma exigência do Estatuto das Cidades, da Lei Federal nº 10.257, artigo 44. Antes da audiência pública, a administração direta e indireta já discutiu a proposta orçamentária. O orçamento 2013 também já foi previamente discutido nas secretarias, Autarquias, Fundos, Fundações e respectivos Conselhos.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade