Pesquisar

Canais

Serviços

Ônibus terão faixas exclusivas a partir de abril. - Folha de Londrina/Arquivo
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Em abril

Londrina: trânsito terá faixa exclusiva para ônibus

Loriane Comeli - Redação Bonde
25 mar 2010 às 19:42
Continua depois da publicidade

Duas ruas do centro de Londrina terão faixas exclusivas para ônibus, segundo anúncio do prefeito Barbosa Neto (PDT) na entrevista coletiva semanal desta quinta-feira (25). As obras na Rua Professor João Cândido, entre a Avenida J.K. e a Rua Benjamin Constant, começaram nesta quarta-feira (24). A previsão é finalizá-las até 12 de abril, se não chover.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A outra via na qual será implantada faixa exclusiva para ônibus é a Duque de Caxias, entre as avenidas J.K. e Arcebispo Dom Geraldo Fernandes (Leste-Oeste), cujas obras serão iniciadas logo após a conclusão da primeira fase. O primeiro trecho tem a extensão de 1,2 mil metros e o segundo, de 1,3 mil metros.

Continua depois da publicidade


O objetivo é dar mais condições de trafegabilidade aos ônibus, reduzindo o tempo de viagem, e incentivar o uso dos coletivos. Isto poderiam baratear os custos do transporte coletivo em Londrina, cuja tarifa hoje é de R$ 2,25.


Para permitir a faixa exclusiva, uma terceira faixa será criada, suprimindo-se as vagas de estacionamento nas vias. Nos dois trechos não será mais permitido parar. Carga e descarga de mercadorias só poderão ser feitas quando a faixa exclusiva estiver desativada – ou seja – entre 19 e 7 horas. Nos sábados, a faixa para ônibus funcionará das 7 às 14 horas. No domingos, todas as vias são livres para qualquer veículo.


O diretor de Trânsito e Transporte da Companhia de Trânsito e Urbanização (CMTU), Wilson de Jesus, disse que o principal impacto negativo da medida será a supressão de aproximadamente 350 vagas de estacionamento nos dois trechos. "Mas os outros efeitos serão todos positivos para cidade, que passará a utilizar mais o transporte coletivo, diminuindo os congestionamentos, a poluição ambiental e o custo do serviço", afirmou em entrevista ao Bonde.

Continua depois da publicidade


Estudo da CMTU estima que a viagens de ônibus terão redução de sete minutos nos horários de pico e de 10 minutos nos demais horários, com a implantação da faixa exclusiva. Esta faixa receberá pintura viária e será "isolada" com prismas (olhos de gato).


A implantação das faixas custará cerca de R$ 150 mil, sendo que os custos de divulgação – R$ 90 mil – foram doados pelo sindicato das empresas de transporte coletivo, o Metrolon. "Queremos dar prioridade ao transporte coletivo, que é o que todas as grandes cidades de destaque no trânsito já fizeram", afirmou Wilson de Jesus.


A prefeitura promete fazer outras 20 intervenções no trânsito da cidade. A próxima rua deve ser a Sergipe.


Conversões


Nas duas vias as conversões à direita continuarão sendo permitidas, mesmo com a terceira faixa exclusiva para os ônibus. "Haverá um trecho sinalizado na via indicando que naquele ponto o motorista poderá utilizar a faixa exclusiva para convergir à direita", explicou o diretor.

Até a implantação definitiva da campanha, ninguém será multado se for flagrado trafegando pela faixa dos ônibus. "Primeiramente, haverá orientação".


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade